Deliway

Cozinha Contemporânea: Tudo sobre essa modalidade gastronômica

A cozinha contemporânea é a união das receitas tradicionais dos principais países do mundo, proporcionando a miscigenação em receitas originais e beleza na apresentação digna de arte.

Cozinha contemporânea tudo sobre

A cozinha contemporânea é o tipo de cozinha mais praticada nos grandes centros urbanos. Nela, é possível encontrar as tendências de diferentes culinárias, misturando sabores e técnicas de toda e qualquer região.

Ela une, principalmente, os sabores da França, Itália, Espanha, Portugal, além da comida árabe, oriental e, claro, brasileira.

É também conhecida por fazer parte do meio criativo, sem apego aos padrões rígidos dos pratos e usa, com responsabilidade, a imaginação, respeitando sempre as propriedades e sabores do alimento.

Além disso, é uma técnica que consiste em buscar o melhor que cada estação tem a oferecer, mantendo a característica principal de cada cultura que deseja utilizar no prato idealizado.

Hoje, é muito fácil ter acesso a ingredientes frescos que são originários de outros países, o que facilita a criação de diferentes receitas para os chefs.

Em um único prato, você poderá encontrar elementos de diversas tradições, mas, para isso, ele precisa ter sido preparado por um cozinheiro que tenha conhecimento, domínio e experiência no que faz.

O que é cozinha contemporânea: principais conceitos

Quando o cliente entra em um restaurante contemporâneo, precisa estar disposto a provar coisas diferentes e saber que será surpreendido.

As combinações mais improváveis são cheias de aromas, cores e sabores.

Todos os sentidos são misturados, despertando o olfato, visão, paladar, audição e tato, criando uma experiência completa de sensações. Suas principais características são:

1.  Apresentação original;

2.  Releituras de receitas tradicionais;

3.  Suporte tecnológico;

4.  Diversidade de sabores.

O melhor da estação

O melhor da estação

Na culinária, o frescor dos ingredientes é extremamente valorizado. Mas, nos pratos contemporâneos, isso é item fundamental.

Na França esse tipo de necessidade culinária se chama “cuisine du marche”, que é basicamente “cozinha da estação”, utilizando os produtos da época - e é possível criar cardápios sazonais para aproveitar as melhores características dos alimentos.

Os produtos orgânicos, ervas e flores comestíveis são muito utilizados, levando em consideração o tempo de cozimento de cada um, a fim de preservar sempre os nutrientes, sabores e beleza.

Outro detalhe é que, por valorizar os ingredientes mais frescos, há uma tendência de uso de produtos artesanais regionais, o que faz com que os sabores fiquem ainda mais originais.

Uso de tecnologias

No meio culinário, a tecnologia também chegou para ajudar, pois, graças a ela, é possível transportar e guardar os alimentos, preservando todas as suas características, como se estivessem sendo colhidas na hora.

Uma técnica bem conhecida é a “sous vide”, uma forma de preservar os alimentos em embalagens plásticas de grande resistência térmica, podendo ser submetidas a cozimento em forno combinado – a vapor, ou em termocirculador que é o cozimento com temperatura controlada.

Esses processos, mantêm o sabor, a cor, a textura, o cheiro e os nutrientes de carnes e vegetais, podendo ser resfriados ou congelados e, assim, estender seus prazos de validade, com tudo que é original do alimento por natureza e, o melhor: sem conservantes.

Valorização multicultural

A força de armazenamento citada acima contribui de modo geral para a culinária contemporânea, sendo que, assim, é possível preparar pratos com ingredientes de outros países, resultando em criações multiculturais.

Apresentação diferenciada

Apresentação diferenciada

O restaurante contemporâneo é quase uma galeria de arte, pois seus pratos são semelhantes a uma pintura.

Um chef digno desse tipo de culinária costuma encher o prato de cores, além de trabalhar a harmonia entre aromas e sabores, valorizando não somente a estética.

Uma característica interessante é a louça para a montagem dos pratos: algumas peças são feitas especialmente para um determinado prato, dando um toque de sofisticação e originalidade.

Pequenas porções

Na cozinha contemporânea, os pratos são leves e servidos em pequenas porções, possibilitando que o cliente prove diversos itens do cardápio e abrindo um leque de experiências gastronomicas com um menu variado. É quase um menu degustação.

Sem preconceitos

Trabalhar com a gastronomia contemporânea é se desfazer de qualquer tipo de preconceito, pois o salgado se une ao doce e o regional ao sofisticado.

Combinações improváveis podem - e devem - ser construídas, mas com dosagem, para não chocar sabores e, mesmo assim, surpreender o paladar.

Lembre-se: esse estilo gastronômico aborda um pouquinho de tudo e não admite preparos antecipados.

A cozinha contemporânea é a cozinha que possibilita a união de sabores do mundo todo e abusa da tecnologia. É um tipo de culinária que une chefs e pratos, na qual é possível errar e acertar, utilizando a criatividade.

Transforme o seu cardápio em uma poderosa ferramenta de vendas

Ebook enviado com sucesso!

Agora você pode ler este ebook sempre que quiser. Agradecemos o interesse.

O que você achou do post?

1 Resposta

Deixe seu comentário