Deliway

Conheça as vantagens da gastronomia sustentável

O consumidor não está atrás apenas de alimentos nutritivos e naturais, mas de alimentos que, na sua produção, não prejudiquem o meio ambiente. Você está preparado?

Gastronomia sustentável

A preocupação em construir um planeta mais sustentável tem sido pauta em diversas áreas nos últimos anos — e isso inclui a sustentabilidade na cozinha. Com o aumento da população e a destruição de ambientes naturais, nunca falamos tanto sobre gerar negócios sustentáveis.

A gastronomia também entra nessa agenda. Isso porque o consumo alimentar tem ligação direta com a questão e, para que um restaurante seja sustentável, é preciso pensar nos impactos causados pelo que se produz e como são cultivados os alimentos adquiridos.

Portanto, além de ofertar alimentos naturais, com nutrientes importantes para a saúde, a gastronomia sustentável observa práticas sustentáveis em suas atividades, reduzindo o desperdício de alimentos, protegendo e usando de forma consciente produtos com risco de extinção, bem como valorizando a pecuária sustentável e a agricultura familiar.

Vamos entender um pouco melhor?

Sustentabilidade na cozinha

Quando cozinhas comerciais decidem inserir práticas sustentáveis no seu dia a dia, as vantagens não são apenas ambientais, mas também econômicas.

Analise a seguinte situação: se alguns de seus pratos não são consumidos totalmente pelos seus clientes, que deixam sobras, talvez você possa reduzir essa quantidade, entregando opções menores, com as quais os clientes também sairão satisfeitos.

Reduzir o desperdício não é apenas um ato de amor à natureza, mas um cuidado com o seu bolso no final do mês.

Outro exemplo: ao priorizar os agricultores familiares como seus fornecedores, você contribui para que essas famílias tenham seu sustento e sigam fazendo um trabalho digno e de respeito ao meio ambiente, ajudando a gerar renda para a sua região, além de proporcionar alimentos frescos aos seus clientes.

A tendência da gastronomia sustentável

De acordo com o estudo Brasil Food Trends 2020, uma das principais exigências e tendências mundiais apresentadas por parte dos consumidores está relacionada a um item chamado de “sustentabilidade e ética”.

Isso significa que, além da exigência com a qualidade de processos e produtos, os consumidores também estão preocupados com o meio ambiente e interessados em contribuir para causas sociais e auxiliar pequenas comunidades agrícolas por meio da compra.

Sendo assim, cresce o valor que os consumidores de diversos países dão para aspectos ligados à sustentabilidade ambiental, tais como:

  • Uma “pegada” de carbono (carbon footprint) menor: é o total de emissões de gases de efeito estufa geradas por um indivíduo ou empresa, representado em um valor convertido para dióxido de carbono, fazendo-os equivaler a esse gás. No caso, observar fornecedores que cuidam desse valor na sua produção industrial.
  • Baixo impacto ambiental: tomar ações como descartar o óleo corretamente ou usar lenha e carvão vegetal, por exemplo.
  • Não estar associado a maus-tratos aos animais: adquirir carnes de pecuaristas que respeitam os animais e atuam de forma sustentável.
  • Ter rotulagem ambiental: comunicar isso no restaurante, no delivery, nos pratos, informar o consumidor sobre suas práticas sustentáveis, atraindo novos clientes e inspirando o meio em que vive a também empregar novas atitudes.
  • Ter embalagens recicláveis e recicladas: enviar o delivery em embalagens que podem ser reutilizadas pelo cliente ou que você se preocupa que sejam recicladas ou que possam ser recicladas após o descarte. Mostrar que você se importa com o que acontece depois que a embalagem não é mais útil.

Portanto, uma das principais vantagens de atuar com gastronomia sustentável, além da redução dos impactos ambientais, é atrair e conquistar clientes.

Como produzir uma gastronomia sustentável

  • Descartar o óleo de cozinha
    Encaminhe-o para uma usina de biodiesel, para ser transformado em combustível, ao invés de poluir o ambiente.
  • Reutilizar as cinzas da lenha ou carvão vegetal
    Elas podem virar fertilizante natural e corretivo para lavouras orgânicas.
  • Reciclar resíduos inorgânicos
    Reutilize o que for possível ou envie embalagens para a reciclagem.
  • Preferir produtos da estação
    Prefira produtos que são produzidos na região pois, além de serem frescos, essa atitude gera menor custo financeiro e traz menor impacto ambiental, já que não há gastos com o transporte.
  • Disponibilizar água filtrada gratuita
    Prefira isso ao invés de água engarrafada que, além do resíduo (normalmente vai ser servida numa garrafa plástica), a água engarrafada gera gastos desde sua produção até seu transporte.
  • Optar por utilizar um cardápio digital como o OiMenu
    Entre as suas vantagens eliminar as impressões e reimpressões do cardápio de papel, reduzindo custos e trazendo praticidade para seus clientes.
Transforme o seu cardápio em uma poderosa ferramenta de vendas

Ebook enviado com sucesso!

Agora você pode ler este ebook sempre que quiser. Agradecemos o interesse.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário
Demostração de cardápio digital