Deliway

Inspire-se nas cafeterias mais charmosas de Paris

Paris é uma cidade encantadora, seus cafés, ainda mais. Por isso, inspire-se nos estabelecimentos parisienses e transforme o ambiente da sua cafeteria.

Cafeterias charmosas

Paris, mundialmente conhecida como a cidade das luzes, é uma cidade francesa famosa por inspirar romantismo e classe. A cidade das luzes está no imaginário de muitas pessoas e é, com certeza, o sonho de consumo de muitas outras.

A Torre Eiffel, símbolo da cidade, é o centro de todos os olhares. No entanto, não há como negar que Paris por si só é uma atração: suas ruas, arquitetura, museus, restaurantes e cafés. Falando em cafés, as cafeterias de Paris são, particularmente, únicas.

Entretanto, mesmo sendo únicas, conseguimos absorver algumas das suas principais características para inspirar você a trazer um pouco da magia de Paris para dentro do seu café. Acompanhe:

1.  Invista em ambientes externos

Ambientes externos

É difícil encontrar cafés parisienses que não utilizam, também, seus espaços externos. Investir nestes ambientes pode ser uma maneira de instigar a clientela a parar e relaxar por alguns minutos em seu café.

Os benefícios que uma área externa proporciona ao seu negócio são muitos, quando bem planejado e, estrategicamente distribuído, o espaço poderá se transformar em uma referência para o seu café.

Além, é claro, de ser um espaço a mais para atender seus clientes - evitando problemas com superlotação, por exemplo. Os ambientes externos são bem-vistos, igualmente, em épocas mais quentes, como a primavera e o verão.

2.  Traga elementos artísticos e literários

Os principais cafés de Paris são compostos por elementos artísticos. As obras expostas pelas paredes dos cafés dão vida ao local, bem como as histórias dos grandes artistas que frequentavam os ambientes, como Picasso, Modigliani e Hemingway.

Por isso, que tal apostar em referências artísticas para compor o ambiente e caprichar em uma boa coleção de livros? Quem aí nunca se imaginou lendo um livro em um café charmoso?

Pois é, talvez esse seja o momento de proporcionar essa experiência para os seus clientes.

3.  Selecione com cuidado o seu cardápio

Nem só de café se faz uma cafeteria, certo? Por isso, selecione com atenção as opções para oferecer um cardápio de cafeteria perfeito. Faça uma seleção de bebidas agradáveis, assim como pratos variados. À moda europeia, sirva chá e um delicioso croissant, além dos pratos típicos da região.

Além disso, traga soluções práticas para o seu negócio com o auxílio de um cardápio digital em cafeteria.

4.  Atente-se ao som ambiente do seu café

O som ambiente de um café deve ser adequado ao local, além disso, é chamado de som ambiente por uma razão: a música do estabelecimento não deve atrapalhar e nem interferir nas conversas dos clientes. Por esse motivo, saiba que o volume deve ser médio.

Opções agradáveis para esse estilo de negócio são melodias instrumentais, clássico, jazz, blues, ou, ainda, bossa nova.

No entanto, fique ciente que o som ambiente pode variar de acordo com a temática de seu café, gosto pessoal, da equipe e, principalmente, dos clientes.

5.  Adicione peças charmosas na composição do ambiente

Composição ambiente

Para compor o seu café inspirando-se em Paris, aposte em peças charmosas, românticas e clássicas. Invista em plantas, flores, luzes e mesas redondas. Decore sua cafeteria de maneira delicada, mas não hesite em aderir cores fortes à sua fachada.

Inserir aspectos de outras culturas em nosso negócio é refiná-lo, deixando-o mais maduro e qualificado para se estabelecer no mercado. Por isso, pense sobre o que você está fazendo para destacar a sua empresa e diferenciá-la em relação a tantas outras cafeterias.

O momento de deixá-la ainda mais agradável, visualmente acolhedora e charmosa chegou. Coloque as dicas inspiradas nas cafeterias parisienses em prática e deixe seu café único.

Transforme o seu cardápio em uma poderosa ferramenta de vendas

Ebook enviado com sucesso!

Agora você pode ler este ebook sempre que quiser. Agradecemos o interesse.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário