Deliway

Treinamento de garçom: como criar um atendimento de excelência

Aprimorar o atendimento do seu restaurante é um excelente caminho para aumentar a sua receita e seu reconhecimento. Confira aqui como realizar o melhor treinamento de garçom!

Treinamento de garçom

Todo mundo sabe que quando o espetáculo é bom o público sempre volta, né? Com os restaurantes também é assim.

Além de pratos saborosos e de qualidade, um dos requisitos essenciais para conquistar os aplausos do consumidor e o sucesso no mercado é o atendimento!

Quando o atendimento é agradável, atencioso, organizado e eficiente, a satisfação do cliente aumenta, o que pode resultar também em uma melhora considerável no seu rendimento. Por isso, é tão importante valorizá-lo.

Mas aí pinta a dúvida: como eu posso melhorar o atendimento do meu restaurante?

A resposta é mais simples do que você pensa: o treinamento de garçons de restaurante é uma excelente solução para este caso. Por meio dele, é possível padronizar as formas de atendimento e definir condutas de excelência.

Para ajudar você a implementar essas melhorias, separamos algumas dicas pontuais e indispensáveis para você adotar aí no seu restaurante. Confira!

Como desenvolver um atendimento de excelência

Treinamentos nunca devem ser vistos como despesas, mas, sim, como investimentos. Além de tornar seus profissionais mais capazes para o trabalho diário, eles possibilitam que o seu negócio também alcance novos patamares.

Quando todos os funcionários trabalham de forma adequada e com as melhores orientações, as chances de ter um futuro promissor no setor de alimentação são ainda maiores.

Outro ponto interessante é que os treinamentos frequentes também proporcionam atualizações constantes, o que demonstra a valorização do seu negócio com a evolução de quem trabalha ao seu lado.

Mas, para dar início ao processo de treinamento, alguns pontos devem ser levados em consideração desde o início. Entenda mais detalhes nas dicas abaixo.

4 atividades para aplicar em treinamento de garçom

1.  Defina seu modelo de atendimento

Todo restaurante possui uma identidade própria que quer transmitir aos clientes. E essa cultura deve ser trabalhada em cada processo do seu negócio.

De nada adianta fazer uma boa campanha nas redes sociais, por exemplo, e realizar um atendimento deficiente no ponto de venda. Tudo deve estar sincronizado, sempre.

Por isso é importante que, antes de aplicar qualquer treinamento, você tenha em mãos uma definição clara de qual é a forma correta de atendimento do seu restaurante.

Pontue todas as situações e a melhor resolução para cada uma delas. Por exemplo: como seus garçons devem recepcionar as pessoas? O que dizer após o consumidor fazer um pedido? Como lidar com um cliente insatisfeito?

Por meio de padronizações como essas, tudo fica mais fácil!

2.  Motive os garçons a terem o cardápio na ponta da língua

Um vendedor que não tem conhecimento total sobre o que está vendendo jamais será um bom vendedor. Logo, é indispensável que cada um de seus garçons tenham um conhecimento total sobre o seu cardápio.

Conhecer os ingredientes, a forma de preparo e, até mesmo, as melhores harmonizações, possibilitam aos garçons oferecer um atendimento ainda mais personalizado e de qualidade aos clientes.

Eles podem auxiliar na escolha dos pratos, sugerir acompanhamentos e trazer informações mais completas aos consumidores, que também se sentirão mais satisfeitos com a experiência.

3.  Determine as rotas dos garçons

Para que o fluxo de atendimento dentro do restaurante aconteça da melhor forma possível, um dos pontos essenciais é a definição das rotas de atendimento.

É claro que existem as rotas padrões, como as que saem da cozinha ou vão até o balcão de atendimento. Contudo, é importante também que existam definições de áreas de atuação para cada garçom.

Com isso, cada um terá um espaço onde deverá estar sempre presente. Assim, nenhum cliente será esquecido e o atendimento junto às mesas será mais ágil e eficiente.

4.  Crie uma cartilha de treinamento de garçom

Após ter todas as situações de atendimento determinadas, é interessante que você crie uma cartilha de Procedimentos Operacionais Padrão (POPs).

Neste documento, você deve descrever todas as normas e regras de boas práticas para o atendimento do seu estabelecimento. Assim, sempre que entrar um novo funcionário ou houver dúvidas sobre determinado assunto, o material poderá ser recorrido.

3 itens indispensáveis para ter na cartilha de treinamento

Agora que você já viu os pontos que devem ser levados em conta na hora da construção de um treinamento para a equipe, trazemos algumas dicas do que você pode destacar na sua cartilha de treinamento. Vamos a elas?

1.  Apresentação pessoal

Estar bem arrumado, com vestimentas adequadas e higiene em dia são essenciais e transparecem todo o comprometimento do seu negócio com as pessoas.

Invista neste aspecto, definindo uniformes padrões e cobrando dos garçons um frequente cuidado pessoal, como não usar roupas manchadas, usar calçados adequados e estar com cabelos, barba e unhas em dia.

2.  Postura é tudo

Aquele profissional que fica escorado em algum canto esperando ser chamado pelo cliente não passa nenhuma seriedade, não é mesmo? É importante que seus garçons adotem uma boa postura ao realizar o atendimento.

Manter um aspecto ereto e elegante traz seriedade e demonstra que o profissional está sempre pronto para ajudar. Se não tiver nada nas mãos, por exemplo, é recomendável que elas sejam colocadas para trás do corpo.

Além disso, escalone pontos-chave para que eles fiquem disponíveis aos clientes, mas que ao mesmo tempo não prejudiquem o fluxo.

3.  Boas atitudes

Usar um tom de voz mediano e gentil é essencial para que os clientes se sintam bem atendidos. Algumas recomendações são: modere os gestos e o vocabulário usados no dia a dia; mantenha um atendimento discreto, evitando fazer comentários desnecessários com os clientes; por fim, entenda que cada cliente tem uma personalidade e esteja preparado para lidar com situações inesperadas.

A tarefa de realizar um treinamento no seu restaurante é muito necessária nos dias atuais e não precisa ser complicada. Se você tem uma boa base de conhecimento e experiência em treinamento, por exemplo, poderá compartilhar seu conhecimento com os profissionais.

Outra ótima dica é buscar cursos já existentes no mercado ou, até mesmo, o apoio de algum consultor da área ou de uma escola profissional.

Lembrando sempre que, além do treinamento, é preciso manter um olhar constante sobre o funcionamento do seu negócio. Afinal, para um atendimento alcançar a excelência, ele precisa ser bom todos os dias.

Transforme o seu cardápio em uma poderosa ferramenta de vendas

Ebook enviado com sucesso!

Agora você pode ler este ebook sempre que quiser. Agradecemos o interesse.

O que você achou do post?

1 Resposta

Deixe seu comentário