Aumente em até 40% o ticket médio do seu restaurante!

Conheça o OiMenu

10 dicas de petiscos de bar para servir em porções

Vai montar um cardápio de petiscos de bar? Seja ele digital ou físico, você precisa escolher as porções que vai servir. Confira 10 ideias e sugestões!

Compartilhe

Petiscos de bar

Um dos prazeres da vida de muita gente é o de degustar petiscos de bar. Principalmente durante um happy hour. Boas porções não precisam de requinte, mas de capricho: não podem ter óleo ou gordura em excesso, devem estar temperadas de forma adequada e conter ingredientes frescos.

Alguns tipos de petiscos para bar podem ser fritos ou assados, outros ficam ainda mais saborosos quando servidos com um molho especial, talvez até feito no próprio bar.

A decisão do gestor é escolher quais petiscos servir, entendendo junto ao chef de cozinha quais as melhores opções e com base na opinião do público-alvo e dos clientes em geral.

Abaixo, separamos 10 ideias para ajudar você a tomar a decisão.

Confira!

10 ideias de porções para vender

1.  Tradicionais

Porção carnes tradicional

Considere aquelas comidinhas de boteco, como calabresa acebolada, salame com limãozinho, amendoim, azeitonas, torresmo.

2.  As frituras que todo mundo ama

Porção pasteis vender

Não tem jeito, é difícil encontrar alguém que não goste de pastéis, batata, polenta, mandioca, coxinha frita. Considere uma variedade de itens e planeje para que possam ser congelados, facilitando sua operação.

3.  Esfihas ou outros salgados

Vender esfihas bar

Apesar de os salgadinhos serem sucesso de vendas, muitas pessoas preferem petiscos assados. Esfihas são uma ótima opção, mas você também pode considerar empadinhas e pasteizinhos assados.

4.  À milanesa

Porções à milanesa vender

Voltamos para as friturinhas, mas dessa vez dos empanados à milanesa. Considere queijos como o provolone e até cubinhos de frango e carne.

5.  Litorâneas

Porções litorâneas vender

Os frutos do mar, como iscas de peixe, e camarão também sempre têm saída. Nesses casos é importante verificar a operação, pois são itens mais caros e com menor tempo de validade.

6.  Dadinho de tapioca

Vender dadinho tapioca

Essa delícia virou febre e é uma invenção brasileiríssima. Você pode considerar na versão “comum” ou em uma versão inovadora, criativa, criando em cima da receita tradicional. Ofereça uma geleia de pimenta como acompanhamento e uma cervejinha gelada que não vai ter erro.

7.  Bruschettas

Bruschettas vender bar

Esse tipo de petisco é algo muito simples de ser incluído em qualquer cardápio e atende os mais diversos públicos. São super versáteis e têm inúmeras possibilidades de combinações e complementos.

8.  Em tábuas

Vender tábuas bar

Considere as clássicas de queijos ou de frios no geral, com ou sem patês, molhos, pães, castanhas e similares. Mas você pode até mesmo fazer uma combinação entre essa sugestão e a primeira dica, criando uma tábua de menu degustação dos petiscos tradicionais, como a calabresa e os torresmos.

9.  Bolinhos

Vender bolinhos bar

Fritos ou assados e de tudo o que você puder imaginar: lombo de porco, carne moída ou assada, carne-seca, batata com queijo, mandioca com linguiça, bacalhau, arroz, feijoada ou até galinhada.

10. Combos de petiscos

Combos de petiscos

Uma ótima ideia é montar combos para agregar valor nas suas vendas. Considere, nesse caso, os combos de patês (como os servidos em restaurantes árabes) e até de três ou mais sugestões dadas acima.

Desenvolvendo um cardápio de petiscos para bar

A pessoa responsável pelo planejamento de cardápio de petiscos, precisará escolher, entre as diversas opções, aquelas que mais combinam com o ambiente no qual a comida será servida. E com seus clientes!

Muita gente opta por levar em consideração, ao desenvolver um menu de porções, a região na qual o estabelecimento está situado: bairro, cidade ou estado.

Regionalizar as opções pode ser uma boa ideia. Mostra ao cliente que você está servindo algo que ele tem interesse de consumir. No litoral, por exemplo, não podem ficar de fora de cardápios de barzinhos opções de porções de petiscos com peixe e camarão.

É sempre legal incluir no menu alguma opção exclusiva da casa. Ou dar a uma porção já consumida em outros lugares um toque especial e exclusivo, como no caso do dadinho de tapioca. Seja um molho diferente, um recheio surpreendente ou modo de preparo diferenciado.

Sobre a estrutura de cardápio, observações importantes:

  • deve constar a descrição de cada porção, bem como os ingredientes que ela leva, se é vegetariana ou vegana, se tem algum complemento e se ele é servido à parte e seu valor cobrado além do preço da porção;
  • o conceito é parte fundamental da construção do menu, seja ele virtual ou físico;
  • preocupe-se com aspectos gráficos da produção: formatos, cores, padrões, divisão dos itens em categorias e a associação que cada uma dessas coisas terá com a marca e o lugar; e
  • lembre-se de não exagerar no tamanho, para que todo mundo consiga ler até o final e conhecer todas as opções disponíveis.

Um cardápio diferenciado, bem definido e elaborado vai ajudar até mesmo na propaganda de bar e petiscaria. Principalmente se for um modelo de cardápio digital.

Ele poderá ser publicado nas redes sociais na íntegra ou em partes e compartilhado com os clientes, incentivando reações e cada vez mais divulgações.

Transforme o seu cardápio em uma poderosa ferramenta de vendas

Ebook enviado com sucesso!

Agora você pode ler este ebook sempre que quiser. Agradecemos o interesse.

Deixe seu comentário

Conheça o OiMenu

Saber mais