Deliway

Tudo que você precisa saber sobre fluxo de caixa de restaurantes

O fluxo de caixa de restaurantes é o fator que vai controlar a vida financeira do seu negócio, então é preciso dar atenção a ele. Entenda mais sobre o que é e como funciona o fluxo de caixa.

Fluxo caixa restaurante

Todo negócio que lida com entrada e saída de dinheiro constantes precisa ter um bom controle sobre essa saúde financeira. Afinal, se isso não estiver indo bem, a empresa irá se encontrar em problemas rapidamente.

Bares e restaurantes são uns dos principais negócios que trabalham com essa movimentação diária de dinheiro e, portanto, precisam de uma estratégia para ter controle total sobre a situação.

O fluxo de caixa é a solução para uma vida financeira saudável dentro das empresas, pois trata-se de uma prática que lida com todos os dados relativos à movimentação de dinheiro, ou seja, todos os valores que entram e saem do caixa do seu restaurante, referentes a todas as contas recebidas e pagas.

Muitas pessoas podem pensar que o fluxo de caixa de restaurante deve ser feito apenas após o estabelecimento começar a funcionar, mas, na verdade, deve começar desde o momento de planejamento, antes mesmo da inauguração, pois é uma maneira do dono do local entender em quanto tempo o negócio irá “se pagar”.

Fluxo de caixa em restaurante: o que é?

Como já pincelamos anteriormente, o fluxo de caixa é uma ferramenta de gestão para o restaurante, através da qual se faz o controle de todas as movimentações financeiras da empresa.

Todas as receitas e despesas são monitoradas pela análise de fluxo de caixa, inclusive fazendo com que o capital de giro (ou seja, o valor mínimo em caixa para o perfeito funcionamento da empresa) seja controlado e mantido sempre em dia.

Com o uso da ferramenta, é possível entender como melhor administrar o estabelecimento, porque o gestor saberá exatamente:

  • o dinheiro que tem disponível no momento;
  • o quanto terá disponível em determinada data; e
  • o quanto pode e/ou precisa gastar.

Além disso, vale mencionar que o saldo deve ser mantido sempre positivo, apesar de que, como todo empreendedor já deve saber, isto nem sempre é uma realidade.

Quando o fluxo de caixa é positivo, isto significa que, ao final do dia de trabalho, há mais dinheiro no caixa do que quando começou o dia - o nome desse acontecimento é o superávit.

Podemos citar, também, o déficit, que é exatamente o contrário do conceito anterior, ou seja, acontece quando, ao final do dia trabalhado, há menos dinheiro no caixa do que no início do período comercial - e isso é um alerta importantíssimo para verificar o que deu errado nessa movimentação do dia.

Para que serve o fluxo de caixa

Não é somente uma questão de ter o controle financeiro, mas de usar esse controle para planejar o funcionamento do seu bar ou restaurante. Saber quanto dinheiro tem disponível e/ou quanto vai ter no futuro é essencial para poder se organizar e fazer planejamentos.

É o que chamamos de manter em dia a saúde financeira. Quando coletamos dados, é preciso dar utilidade para eles e, no caso do fluxo de caixa, adequar rapidamente as estratégias financeiras é o caminho correto.

O planejamento pode ter os mais variados fins, tais como adquirir novos equipamentos, fazer uma nova decoração, realizar uma reforma na cozinha ou apenas produzir um evento especial.

Mas, ainda mais do que isso, o controle contínuo do fluxo de caixa permite fazer comparações e entender melhor qual a época do mês em que o seu restaurante estará mais folgado para pagar as contas da casa, como o pagamento dos salários dos funcionários e das contas com os fornecedores, mas, também, quando você precisará de um capital de giro mais robusto para arcar com todas as despesas.

Como fazer o fluxo de caixa

A recomendação para restaurantes, tipo de negócio em que a movimentação de dinheiro é grande todos os dias, é que seja mantido um controle diário de caixa, isto é, da abertura e do fechamento de caixa do restaurante. Além de diminuir a margem de erros, facilita encontrar onde está o erro, caso ocorra.

Para fazer a abertura do caixa, basta anotar a quantia de dinheiro que tem para começar o dia de trabalho, ou seja, aquele valor que será disponibilizado para troco.

Ao longo do período de funcionamento do restaurante, todos os valores que entram e saem devem ser anotados e é importante anotar a quantia exata, até mesmo os centavos, pois isso faz a diferença na conta total, ao final do dia, quando realizar o fechamento de caixa.

E, para realizar esse fechamento, é preciso somar todas as entradas e, a partir desse resultado, diminuir todas as saídas (no caso do fluxo diário, o troco). Com esse número final, você poderá saber se o dia foi bem-sucedido ou não, ou seja, se teve um superávit ou déficit de caixa.

Contudo, o fluxo do caixa não é só o fechamento de caixa - ele vai muito além. Estamos falando o tempo todo que a ferramenta é a mais adequada para analisar possíveis falhas a nível mensal e anual, também.

Exatamente por isso é importante saber que esse fluxo não abarca somente as entradas e saídas das vendas (como pagamentos em dinheiro e troco dado aos clientes).

Mais do que isso, ele analisa (dentro do período que você desejar) a sua disponibilidade financeira, ou seja: uma venda, por exemplo, paga com cartão de crédito pelo seu cliente só será colocada na conta do seu negócio dentro de, no mínimo, 20 dias, possivelmente.

Portanto, se você estiver realizando um controle de fluxo de caixa para 15 dias, esse valor não pode ser considerado uma entrada, porque ainda não estará disponibilizado no período analisado.

Da mesma maneira, uma conta que vence fora do período analisado (por exemplo, a conta de luz do seu restaurante), não entra como despesa na análise.

É trabalhoso lidar com esse tipo de movimentação e, por conta disso, existe um sistema de caixa para restaurante que pode ser de grande ajuda. Esse tipo de software tem todas as ferramentas necessárias para fazer os cálculos e dizer exatamente o que está acontecendo dentro do restaurante.

O sistema de caixa também conta com o fornecimento de gráficos e relatórios com comparações diárias, semanais, mensais e até anuais da movimentação financeira do estabelecimento.

Uma ótima ferramenta que ajuda a diminuir erros e aperfeiçoar a gestão do negócio.

Transforme o seu cardápio em uma poderosa ferramenta de vendas

Ebook enviado com sucesso!

Agora você pode ler este ebook sempre que quiser. Agradecemos o interesse.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário