Aumente em até 40% o ticket médio do seu restaurante!

Conheça o oimenu

EPIs para Cozinha: quais são e importância de cada um

O restaurante é um local de trabalho que exige cuidados no que diz respeito à higiene e segurança, sendo necessário o uso de Equipamentos de Proteção Individual - EPIs para cozinha e atenção às normas sanitárias.

Compartilhe

Epi para cozinha

Sapatos de segurança, máscaras de proteção, aventais, luvas e toucas são alguns dos principais Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) que devem ser utilizados na cozinha.

Esses instrumentos são essenciais para o dia a dia de trabalho em um restaurante. Não há como garantir a segurança e proteção das pessoas que trabalham na cozinha se elas não utilizarem determinados equipamentos ou não forem treinadas para lidar com as ferramentas presentes nesse ambiente.

Por se tratar do cuidado com a própria vida das pessoas que trabalham no restaurante, esse é um tema de muita importância e que merece toda a atenção de todos que fazem parte do negócio, especialmente de quem lidera a equipe.

EPIs para cozinha de restaurante

Quem faz a gestão de um negócio gastronômico precisa saber qual a obrigação de EPI para funcionários de um restaurante, ou seja, quais equipamentos a equipe deve usar no dia a dia da cozinha para garantir proteção.

A legislação do nosso país é bastante rígida em relação ao funcionamento de cozinhas industriais e existem regras específicas que levam em consideração desde detalhes referentes à construção desses ambientes até os materiais utilizados nos acabamentos, utensílios de trabalho, mão de obra contratada, normas da Vigilância Sanitária, documentação específica e equipamentos adequados.

Sobre a segurança no trabalho, é exigência que os profissionais sejam treinados e estejam capacitados para exercer suas atividades com responsabilidade. Quem atua na cozinha precisa saber o jeito certo de mexer com agentes químicos, fogões, facas e demais ferramentas que podem levar a algum tipo de risco se mal utilizadas.

Também é importante que os funcionários do restaurante conheçam as normas de segurança e exigências técnicas estabelecidas pelas leis, para que cumpram esses requisitos com cuidado, inclusive no que diz respeito aos EPIs para restaurantes.

A importância dos EPIs na cozinha

Assim, a importância do uso de EPI na cozinha é gigantesca, já que qualquer ferramenta manipulada de forma errada ou sem proteção pode trazer riscos à integridade dos funcionários.

Com o objetivo de garantir a segurança dos trabalhadores durante a realização de suas atividades profissionais na cozinha, os EPIs são essenciais.

Todos os equipamentos voltados para essa utilidade devem ser oferecidos gratuitamente pela empresa, sempre em perfeito estado de conservação e pleno funcionamento, adequados aos riscos que existem, garantindo a proteção de quem usa esses materiais.

Aos trabalhadores, fica a responsabilidade de utilizar os EPIs sempre, bem como preservar os equipamentos.

Os agentes de risco variam de um restaurante para outro, por isso é importante elaborar um documento chamado Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA). Esse programa tem a finalidade de identificar quais os riscos presentes na cozinha para definir estratégias de Segurança do Trabalho, seguindo as normas para cozinha de restaurante.

Entretanto, alguns riscos são comuns a todas as cozinhas, por isso alguns EPIs são considerados de uso padrão, ou seja, toda cozinha de restaurante deve ter.

Quais são os EPIs utilizados na cozinha

1.  Sapatos de segurança

O sapato de cozinha é um EPI que protege os pés do usuário de quedas de panelas, contato com ferramentas de corte e respingos de materiais quentes. O solado desse tipo de calçado também previne escorregões e quedas no ambiente.

2.  Máscara de proteção

Já as máscaras de proteção impedem que a pessoa aspire partículas que podem ser nocivas à saúde, como é o caso do pó de farinha, que pode irritar o sistema respiratório. Sem contar que o uso da máscara é um EPI para manipuladores de alimentos que garante maiores condições de higiene aos pratos preparados.

3.  Aventais

Esses EPIs, que muita gente pensa que servem apenas para padronizar o ambiente, uniformizando a equipe do restaurante (claro, servem para isso também), têm o importante papel de proteger o tronco dos profissionais, já que proporcionam proteção térmica e química para quem trabalha na cozinha.

4.  Luvas de proteção

Quem trabalha na cozinha deve usar luvas não apenas para não contaminar os alimentos, mas especialmente para proteger as mãos.

Lidar com facas e ferramentas de corte traz riscos até mesmo para os profissionais mais habilidosos. Ninguém está livre de deixar uma faca escorregar. Por isso, quem lida com ferramentas de corte deve utilizar luvas de malha de aço.

Já funcionários que manipulam produtos químicos precisam usar luvas de látex.

5.  Toucas

Por fim, mas não menos importantes, as toucas, muitas vezes ignoradas por não serem associadas à segurança, impedem a queda de fios de cabelo nos alimentos, o que tem tudo a ver com o resultado final na mesa do cliente, que vai saborear um alimento livre de itens indesejados, como cabelos.

Agora que você já conhece os principais EPIs para cozinha, que tal verificar como anda a segurança e proteção da sua equipe e providenciar hoje mesmo os equipamentos que podem estar fazendo falta no ambiente ou até mesmo criar um manual de boas práticas para o seu restaurante?

Transforme o seu cardápio em uma poderosa ferramenta de vendas

E-book enviado com sucesso!

Agora você pode ler este e-book sempre que quiser. Agradecemos o interesse.

Deixe seu comentário

Conheça o oimenu

Saber mais