Aumente em até 40% o ticket médio do seu restaurante!

Conheça o OiMenu

Como fazer um marketing para restaurantes que traz resultados

Um plano estratégico de ações para o marketing de restaurantes tem como finalidade alavancar os números do negócio, através de objetivos específicos, com prazos e orçamentos determinados. Descubra como estruturar um plano eficiente.

Compartilhe

Marketing para restaurantes

O marketing para restaurantes é tão fundamental para o crescimento dos negócios quanto a qualidade dos pratos e do serviço oferecidos.

Mas, para que não haja confusões, entenda que ações estratégicas de marketing não significam o mesmo que plano de negócio. As ações estratégicas, ou plano de marketing, funcionam como uma ramificação do plano de negócio.

Isto é, o plano de negócio do restaurante ou de qualquer empreendimento, deve abranger os objetivos gerais da empresa, como administração e área comercial, incluindo o marketing.

Como criar um plano de ação de marketing para restaurantes?

Assim como qualquer plano, é preciso estruturá-lo primeiro, antes de dar vida às ideias relacionadas ao marketing.

Sendo assim, o primeiro passo para criar o plano de marketing do seu restaurante deve ser um estudo minucioso da situação atual do seu negócio.

Pesquisa inicial

É preciso que você tenha em mãos os dados referentes às redes sociais, quantos acessos diários e qual o valor do investimento feito nesta área. Além disso, caso você tenha investido em posts e publicações pagas, é fundamental saber o resultado desse investimento.

Em outras palavras, saber quantos clientes chegaram ao seu estabelecimento por meio do site, blog ou Instagram, por exemplo.

Ainda, durante a análise, descubra se os itens mais vendidos continuam nesta posição, se houve alguma alteração e quais os itens devem entrar para o planejamento.

Análise de concorrência

Com estes dados registrados, é hora de analisar com cuidado o marketing da concorrência e ver o que está trazendo resultado. Mas lembre-se de que copiar o trabalho da ocorrência é antiético e pode acabar “sujando” a sua marca. Por isso, o objetivo desta análise é aprender e observar e não copiar, certo?

Pesquise os preços e confira se está parecido com os seus. Saiba que este estudo deve ser feito com o seu concorrente direto, ou seja, com quem trabalha com o mesmo público-alvo que o seu.

Por falar em público-alvo, verifique como “anda” a concorrência no quesito propaganda boca-a-boca e qual o diferencial deles no mercado alimentício.

Depois destas análises, crie algo diferente para o seu estabelecimento, prezando a fidelização da sua clientela. Para isso, foque no preço acessível, produto de qualidade e serviço de excelência.

Orçamento para o marketing

Mesmo que você invista apenas no marketing digital em restaurantes, ou seja, no conteúdo para internet e não em propaganda tradicional, como TV ou rádios, é necessário ter um orçamento reservado para os custos.

Apesar de ser mais em conta, a publicidade online não é de graça. É possível criar conteúdo em redes sociais sem gastar nada, é verdade, mas para que o alcance desse conteúdo seja relevante, é preciso investir em anúncios pagos.

Além disso, para que seus posts tenham qualidade e você alcance autoridade neste ramo de restaurantes, é aconselhável a contratação de uma agência de marketing.

A agência trabalha com a criação dos conteúdos digitais e com o auxílio para outras propagandas, como a criação de flyers e monitoramento dos resultados obtidos através de toda a publicidade feita.

Mesmo que exista, ainda, público para TV e rádios, a maioria do público-alvo dos restaurantes está na internet. Por isso, procurar agências de marketing especializadas em serviços inbound e digitais é o mais recomendado a se fazer.

Definir os objetivos

Com todas as informações anteriores reunidas, já é possível traçar alguns objetivos em busca de melhores e maiores resultados.

Considere definir objetivos curtos, que consigam ser executados e realizados com facilidade, para que, assim, você encoraje toda a equipe em busca de resultados maiores.

Os objetivos de um restaurante podem ser:

Estes podem ser os objetivos gerais, ou apenas alguma ideia para que você crie os objetivos de acordo com que seja necessário para o seu estabelecimento.

Calendário Mensal com Idéias de Postagens

Planilha enviada com sucesso!

Enviamos para o seu e-mail a planilha com Calendário Mensal com idéias de postagens.

Ações estratégicas de marketing

Para pôr em prática todo o planejamento feito, busque potencializar e manter atualizado todas as redes sociais do restaurante, seja Instagram, Facebook, TikTok, Twitter, Snapchat.

O importante é mantê-las sempre com conteúdo original, criativo e informativo. Lembre-se de que o objetivo é converter o usuário da rede social em um possível assíduo consumidor.

Você pode fazer ações como:

  • Desenvolver promoções através de redes sociais, com o intuito de que os futuros clientes compartilhem o seu conteúdo e as promoções disponíveis, aumentando a visibilidade do seu restaurante.
  • Melhorar as páginas do restaurante em sites de busca local como TripAdvisor, The Fork e Google, para que turistas e pessoas em geral busquem por restaurantes e encontrem o endereço do seu estabelecimento.
  • Criar opções de cardápios variados para dias de pouco movimento, com o intuito de aumentar as visitas em dias de semana. Caso não queira alterar o serviço do restaurante, faça mudanças sutis na precificação e use as redes sociais para promovê-las.

O que são os 4P 's de marketing?

Os 4Ps do marketing são quatro quesitos que podem servir de base para que você guie e trace especificamente as ações de marketing para executar os objetivos estabelecidos.

Veja só!

Os 4P’s significam:

1.  Preço

É o valor cobrado, referente ao produto entregue ao cliente. Mesmo que seu produto seja de alta qualidade, cobrar um preço abusivo não trará lucratividade ao seu estabelecimento.

Para utilizar esse “P” a seu favor e transformá-lo em ação de marketing, pesquise os preços dos seus concorrentes, como já mencionamos, e tente oferecer algo melhor.

Sempre buscando a lucratividade e pensando em cobrir os custos para execução do prato oferecido, já que o objetivo é ter preços atrativos para o cliente e, ao mesmo tempo, para a saúde financeira do restaurante.

2.  Produto

Procure mostrar a qualidade do produto oferecido, utilizando o visual como um detalhe a mais para o conquistar o cliente.

Mais uma vez, pesquise sobre a concorrência deste mesmo produto no mercado e a forma como está sendo oferecido. Inove nesta oferta e na apresentação.

3.  Praça

Com relação a este “P”, pode-se considerar o ambiente que você oferece ao cliente e, no quesito marketing, essa ação é tão importante quanto qualquer outra.

Afinal, quem nunca frequentou um determinado lugar, apenas por causa do ambiente oferecido? Ou da novidade ofertada? Uma boa ação aqui é oferecer algo diferente, que faça com que o seu restaurante ganhe destaque perante os demais.

Oferecer um cardápio digital pode ser uma grande inovação e é um diferencial surpreendente entre os demais concorrentes pela praticidade e tecnologia apresentada.

4.  Promoção

O “P” de "Promoção" está diretamente atrelado ao "P" de "Preço", pois ambos precisam ser entendidos juntos, dado que são a forma como você mostra o seu produto ao mercado.

Isto é, a forma como é feita a divulgação do seu produto/serviço. Caso você seja dono de uma hamburgueria, a forma como os seus hambúrgueres são divulgados é que faz a diferença do seu estabelecimento perante todas as outras hamburguerias da região.

Dê nomes criativos aos hambúrgueres, inove nas montagens, sirva drinks diferentes com determinados combos. E, para promovê-los, pense se o preço da promoção ainda traz algum lucro.

Use e abuse da imaginação e da criatividade gastronômica para oferecer algo melhor do que os outros.

Transforme o seu cardápio em uma poderosa ferramenta de vendas

Ebook enviado com sucesso!

Agora você pode ler este ebook sempre que quiser. Agradecemos o interesse.

Deixe seu comentário

Conheça o OiMenu

Saber mais