Como se posicionar no mercado de Food Service

Aprenda como pesquisar a concorrência e falar diretamente com sua clientela para encontrar a melhor maneira de se posicionar no mercado de food service.

Segundo a Abrasel (Associação brasileira de bares e restaurantes) existem mais de 800 mil restaurantes no Brasil empregando mais de 6 milhões de pessoas, com maior concentração nas capitais estaduais e em SP. Este setor representa 2,7% do PIB brasileiro e corresponde a 31% dos gastos das famílias com alimentos no país. Para o Sebrae, o mercado de alimentação tem crescido em média 10% ao ano nos últimos anos.

Ou seja, existe muita concorrência no mercado de food service.

Logo, como se destacar e atrair a atenção do seu público? Como não ser apenas só mais um entre tantos? Como oferecer aquele “algo mais”?

Aqui entra o marketing com o conceito de posicionamento — também conhecido como o 5º “P” do marketing, cujo objetivo é fazer a sua marca ser a mais lembrada de forma positiva pelo cliente.

Como colocar o meu restaurante em uma posição de destaque no mercado food service?

Existe um planejamento específico para responder essa pergunta.

Comece entendendo quem é o seu público e o que ele procura. Faça pesquisa falando diretamente com eles ou coloque formulários nas mesas. Com o cardápio digital Oimenu você disponibiliza a pesquisa no próprio cardápio do seu restaurante, que compila os resultados para você. O que você precisa buscar como resposta são os padrões mais procurados de serviços:

  • Meios de pagamento;
  • Vagas de estacionamento;
  • Opções veganas, sem glúten e/ou sem lactose;
  • Pratos low carb;
  • Ambiente climatizado;
  • Diversidade no cardápio;
  • Etc.

A vantagem dessa pesquisa em um restaurante é que você pode falar com seu público alvo diretamente, por ser um negócio local.

Pesquise a concorrência

Faça uma pesquisa da concorrência na sua região e anote o que eles têm feito — mas principalmente o que eles não tem feito!

O posicionamento se baseia em encontrar as brechas não trabalhadas no mercado e que fazem sentido para o cliente.

Por exemplo:

Se você tem uma pizzaria, mapeie o modus operandi das outras pizzarias por perto:

  • Eles tem forno a lenha?
  • Abrem para almoço?
  • Oferecem opção sem glúten?
  • Possuem rodízio?
  • Música ao vivo?

Compile tudo e siga para o próximo passo — os defeitos:

  • O atendimento é demorado?
  • Oferecem poucos sabores?
  • O cardápio está desatualizado?
  • A massa é muito grossa?
  • O ambiente é muito escuro (ou muito claro)?
  • As cadeiras são desconfortáveis?
  • As mesas são pequenas?

Observe os comentários feitos por clientes online no Facebook, Foursquare, ou Google. Clientes insatisfeitos são bastante vocais sobre sua experiência.

Tome nota e não cometa os mesmo erros que os concorrentes!

pesquisa de satisfação restaurante

Cruze as informações

Feita a pesquisa com clientes e o mapeamento dos concorrentes, basta cruzar os dados e ver o que dá match!

Por exemplo, você pode descobrir que as outras pizzarias possuem mesas para no máximo 4 pessoas e há uma demanda para grupos grandes de famílias e amigos. Você pode então posicionar a sua pizzaria como sendo a “pizzaria das turmas na região”.

Primeiro, se prepare para posicionar: reorganize suas mesas para acomodar turmas grandes, coloque no cardápio opções de pizzas tamanho família, faça promoção de happy hour e ofereça descontos para rodízios de reservas de grupos.

Seja criativo — em certas cidades, há restaurantes que se posicionaram muito bem por buscar e levar turmas grandes de van.

Como o meu público vai ficar sabendo da minha nova posição de mercado?

Divulgue! Agora que você encontrou uma tendência, deve focar o marketing no fato que você vai atender a uma demanda que os outros não atendem.

Aqui, é importante contratar uma agência de marketing — o posicionamento exige a escolha cuidadosa de cada palavra e cada imagem. É uma comunicação que se não for bem feita pode gerar confusão.

Você deve mostrar ao público alvo que agora é especialista naquilo que eles querem (e os outros não), mas ao mesmo tempo não desmerecendo as outras qualidades do seu restaurante.

Posicionamento é um processo constante

O mercado food service muda muito rápido hoje em dia. As novas gerações de consumidores mudam seus hábitos e gostos a cada ano.

O ideal é refazer esse processo de pesquisa e mapeamento todos os anos para captar as tendências mais atuais dos seus clientes e reposicionar sempre que necessário, mesmo que de maneira sutil.

Fique por dentro das tendências do mercado food service

Todo o proprietário de restaurante ou bar ou mesmo quem vai abrir um negócio no mercado de food service, deve visitar uma feira no mínimo uma vez por ano. Isso porque, em feiras é um ambiente onde você pode encontrar empresários para trocar experiências, fornecedores trazendo inovação e lançamentos de produtos e serviços com exclusividade. Dessa forma você vai acompanhar tudo de perto e ter uma grande experiência profissional.

Hoje, a Fispal Food Service é a maior feira da américa latina de alimentação fora do lar. Nessa feira se reúne milhares de proprietários e gestores de restaurantes do mercado de food service do Brasil e exterior, além de contar também com os distribuidores e lojistas.

No ano de 2019 a Fispal Food Service comemora 35 anos e irá contar com 470 expositores com soluções em produtos, serviços, equipamentos, alimentos e bebidas.

É uma ótima oportunidade de você gerar bons negócios e manter seu restaurante inovado com as novas tendências no ramo alimentício.

Finalizo esse artigo com uma frase bem objetiva e clara de como o posicionamento de mercado é importante para seu restaurante.

“Posicionamento é ocupar um lugar claro, distinguível e desejável na mente do consumidor.” – Al Ries e Jack Trout

Por fim, busque sempre o diferencial e mantenha o seu restaurante o primeiro na mente do seus consumidores.

 

O que você achou do post?

6 Respostas

Deixe seu comentário