Deliway

Como se cadastrar no iFood para vender

Entenda como funciona o aplicativo e como você pode cadastrar seu restaurante no iFood para aumentar suas vendas com delivery!

Se você já está envolvido no mundo dos restaurantes, você com certeza já ouviu falar na plataforma do iFood.

Afinal, esse é um dos maiores aplicativos de entrega de comida online existentes atualmente. E, se você está pensando começar a utilizá-lo e em como se cadastrar no iFood, há alguns pontos a considerar.

Aplicativos de delivery podem ajudar o seu restaurante a aumentar o número de vendas em até 50%!

Não apenas ele é uma vantagem para a sua rentabilidade, mas para o seu cliente também, que o vê como um ponto positivo já que, muitas vezes, prefere receber as refeições em casa ao invés de ter que se locomover até o estabelecimento.

Além disso, você acaba economizando com meios de divulgação, pois através do próprio aplicativo você ganha uma grande visibilidade.

Utilizar uma plataforma como essa com certeza será bastante rentável para o seu negócio e, por isso, montamos esse guia de como cadastrar sua empresa no iFood e quais as vantagens que você terá. Confira a seguir:

Como funciona o iFood

Como funciona o Ifood

Antes de realizar o seu cadastro, é preciso cumprir alguns requisitos para vender no iFood, respeitando algumas exigências mínimas, tais como:

  • ter acesso a uma internet rápida e estável;
  • possuir, pelo menos, um computador;
  • contar com uma equipe de entregas própria (o aplicativo disponibiliza o serviço de entregas apenas em algumas cidades do País);
  • garantir atendimento rápido;
  • possuir CNPJ.

Qual o custo para vender pelo iFood?

Para se credenciar no iFood, você pode optar entre dois planos: o "Plano Básico" ou o "Plano Entrega", que oferece o serviço de entrega, mas que está disponível em apenas algumas regiões brasileiras.

Ao optar pelo "Plano Básico", cuja entrega deve ser providenciada por você, há uma mensalidade de R$ 100 cobrada a partir de quando seu restaurante ultrapassar R$ 1.800 de vendas mensais pela plataforma.

Outros custos do plano: taxa de 12% sobre cada pedido feito e, se o seu cliente optar por pagar pelo aplicativo, é cobrado mais 3,5%, pois é como se fosse a taxa da sua operadora de cartão de crédito.

Cumpridos os requisitos mínimos, esteja ciente de que existem taxas cobradas sobre os pedidos gerados pela plataforma.

Se a sua região estiver contemplada pelo oferecimento do serviço de entrega pelo próprio iFood, você também tem a opção de contratar o "Plano Entrega".

Nesse caso, a entrega fica por conta da plataforma e a mensalidade é de R$ 130 (para quando as vendas pelo app ultrapassarem R$ 1800 mensais) mais a taxa de 27% sobre cada venda.

Como cadastrar minha empresa no iFood?

Agora que você já está ciente sobre as exigências para funcionamento do sistema, o procedimento para cadastrar o seu restaurante é bem simples, tudo que você precisa fazer é seguir esses cinco passos:

1.  Acesse o site ifood.com.br e, no canto superior direito, clique em "Restaurante” para ser encaminhado para uma nova página.

2.  Quando a nova tela abrir, você tem à disposição um formulário, que solicita nome, e-mail e celular do dono do restaurante, sendo necessário preenchê-lo.

3.  Clique no botão "Começar cadastro".

4.  Agora é o momento de informar: CNPJ, razão social, nome do restaurante, telefone, CEP, cidade, estado, bairro, endereço, número complemento, especialidade do seu negócio e se você possui ou não serviço de entrega próprio.

5.  Depois, você será encaminhado para selecionar o melhor plano para a sua região, sendo que irá receber o contrato no e-mail informado.

Pronto! Assim que a assinatura estiver concluída, o time do iFood irá entrar em contato para configurar o seu cardápio na plataforma, sendo possível o cancelamento do plano a qualquer momento, sem fidelidade.

Vantagens de utilizar o iFood

Há muitas vantagens ao aderir um sistema tal como o iFood, assim como há muitas vantagens em começar a utilizar qualquer tipo de tecnologia inovadora para melhorar o seu restaurante!

Aqui estão alguns pontos positivos de começar a usar o aplicativo:

Visibilidade

É verdade, não há meio melhor para dar visibilidade ao seu restaurante hoje em dia do que nas redes sociais.

Contudo, a plataforma do iFood conta com milhares de usuários ativos diariamente, o que significa que o seu restaurante receberá uma boa visibilidade através do aplicativo, também.

Além de que, se você utilizar fotos reais e bem produzidas, com alta qualidade, isso será um grande atrativo aos clientes em potencial.

Promoções

Não há dúvidas de que as promoções são uma das melhores maneiras de aumentar o ticket médio do restaurante e aí entra mais uma vantagem do iFood: ele permite cadastrar promoções de maneira prática e fácil.

Aliás, além das promoções, mantenha o cardápio atualizado e bem completo dentro do app, pois essa é uma excelente maneira de como anunciar no iFood.

Quem está com fome, procurando algo delicioso para comer, certamente cairá no seu restaurante e o seu negócio ganha ainda mais visibilidade e aumenta o número de pedidos!

Pagamento online

Atualmente, todos estão tão ocupados o tempo todo que até mesmo sair para uma boa refeição acaba se tornando um empenho enorme.

Por conta disso, o iFood tem sido um sucesso tão grande e tudo que puder ser feito online é um alívio para as pessoas.

Dito isto, a disponibilização do pagamento online através do próprio iFood é um diferencial, que tem um custo para o restaurante, como já falamos, e que faz o cliente ter prazer em realizar o pedido!

Mas há uma vantagem enorme nessa facilidade: ela diminui os índices de cancelamentos de pedidos - o que é ótimo para os donos de restaurante!

O que mais é necessário para vender no iFood?

As dicas que daremos a seguir já foram pinceladas ao longo do texto, mas requerem atenção em alguns detalhes, pois também são requisitos exigidos pelo iFood e, portanto, vão ser responsáveis pela aprovação ou não do seu negócio.

iFood precisa de CNPJ

Sim, mas você já sabia, certo? Como apenas pessoas jurídicas podem realizar o cadastro na plataforma, é importante que você tenha um CNPJ para o seu negócio.

Caso você ainda não tenha, agilize esse processo e certifique-se de que todas as suas operações no restaurante estão legalizadas. Isso também é importante para prezar pela saúde dos muitos clientes, pois é uma garantia a mais de que o seu negócio está legalizado e, portanto, dentro das normas adequadas.

Capacidade de produção

Não adianta querer aumentar o seu negócio e as suas vendas se o seu estabelecimento, equipe e estoque não estiverem preparados para isso. Lembra que falamos que você precisa garantir um atendimento ágil?

Garanta que a qualidade da sua produção não deixe a desejar pelo aumento no número de pedidos. Isso é importante para que você não tenha que cancelar os pedidos feitos pelos clientes, por falta de capacidade, o que faria você ficar mal visto na plataforma.

Outra coisa: certifique-se de vender apenas produtos prontos para consumo!

Entregadores

A quantidade de entregadores vai depender do tamanho do seu restaurante.

Apenas conforme você for ganhando experiência, você vai entender a necessidade de contratar mais entregadores ou não. Apesar disso, a princípio é melhor ter um entregador sobrando do que um faltando - ninguém gosta de ficar esperando muito tempo após fazer um pedido.

Lembrando que se o plano contratado for o básico, você deve garantir a agilidade e qualidade na entrega para satisfazer seus clientes.

Por outro lado, se o seu plano contemplar esse serviço, você nem precisa se preocupar: tudo fica na responsabilidade do próprio iFood.

Atendimento de qualidade

Não é porque você está oferecendo um serviço online que a qualidade de atendimento pode ser deixada de lado.

A satisfação do cliente ainda é o que está em jogo e, apesar de o aplicativo lidar com grande parte da comunicação e das vendas, você precisa estar a postos para resolver quaisquer problemas que possam vir a ocorrer.

Até mesmo porque os clientes podem - e deixam mesmo - avaliações sobre o seu produto e a sua entrega e, se você pecar, poderá ficar prejudicado na plataforma.

Como montar o cardápio no iFood

Cardápio Ifood

Por se tratar de venda online, fazer um cardápio no ifood é a única coisa em jogo para impressionar o cliente em potencial - já que nem o ambiente, nem os atendentes e nem cheiros serão utilizados nesse momento.

Então, é extremamente importante que você dê uma atençãozinha extra ao cardápio.

É importante colocar seu produto no iFood com nomes e descrições chamativas e bem criativas. Além disso, lembre-se de utilizar fotos bem produzidas e com alta qualidade para mostrar seus pratos de verdade.

A apresentação faz uma grande diferença na hora do seu cliente escolher o que pedir e, desta maneira, com certeza, finalizarão os pedidos com você, se o cardápio for bem produzido.

Mais do que isso, é preciso que você indique o tamanho do prato, quais os ingredientes (para os alérgicos e intolerantes saberem com o que estão lidando, por exemplo) ou quantas porções o prato rende.

Muitos restaurantes na plataforma não dão atenção para esses detalhes, portanto você certamente estará com vantagem em relação a eles.

Acompanhe comentários e avaliações

A melhor maneira de entender o crescimento do seu negócio é através do cliente.

A plataforma permite o acompanhamento dos comentários e avaliações que os clientes feitos para o seu restaurante.

Esta é uma forma de ver o que você precisa fazer para melhorar e em quais pontos focar!

Além disso, você também pode responder os comentários e avaliações - os clientes adoram um restaurante interativo!

São vários os benefícios da utilização do serviço de delivery pelo iFood, o maior do mercado, atualmente. O cadastramento é simples, cabendo ao proprietário apenas avaliar custos e logística de produção e entrega, de acordo com a sua realidade.

Com aumento de até 50% do faturamento (dados fornecidos pelo próprio iFood), vale a pena considerar os custos e embarcar nessa tendência que está tomando o mundo todo.

Transforme o seu cardápio em uma poderosa ferramenta de vendas
O que você achou do post?

113 Respostas

Deixe seu comentário