Aumente em até 40% o ticket médio do seu restaurante!

Conheça o oimenu

Como contratar e motivar equipe de restaurante

Contratar uma boa equipe para trabalhar no seu restaurante não é difícil, porém, só saber contratar não é o suficiente. É preciso saber como treinar, motivar e reter seus novos colaboradores. Aprenda mais lendo o artigo a seguir.

Compartilhe

Contratar equipe restaurante

Para reter uma boa equipe para o restaurante é preciso saber contratar, treinar e motivar os funcionários certos. Essas etapas, quando bem realizadas, trazem bons resultados ao negócio, diminuindo principalmente a rotatividade de empregados.

Isso porque, quando a contratação é realizada de maneira completa, a efetivação e a eficiência são alcançadas em poucos passos.

Veja como preparar e treinar seus funcionários, diminuindo a rotatividade de empregos e aumentando a confiança dos seus clientes.

Como contratar funcionários para restaurante?

A melhor maneira de começar a contratação é com a boa e tradicional entrevista e o olho no olho, pois assim será possível explicar quais as necessidades do restaurante, qual a missão, visão e valores do seu restaurante e demais detalhes pertinentes ao cargo.

Essa etapa é importante para que o funcionário conheça a empresa na qual pretende ingressar e, dessa maneira, consiga alinhar seus objetivos pessoais com os do restaurante.

A partir do momento que o colaborador “veste a camisa” da empresa, a sua efetivação passa a ser mais garantida, principalmente quando, durante a entrevista de emprego, o gestor deixa claro a possibilidade de crescimento profissional.

A entrevista também é parte fundamental para o negócio, é nela que o gestor deve avaliar o candidato, suas experiências, objetivos profissionais e habilidades.

Essa atitude facilita o treinamento, pois assim o gestor consegue analisar qual será o melhor tipo conhecimento a ser passado a seus novos contratantes. Confira só como treinar a equipe a seguir.

Como treinar equipe de restaurante?

Para que você saiba como treinar seus funcionários, trouxemos abaixo um checklist explicativo, incluindo: como atender o cliente, desenvolvimento profissional, capacitação para resolver problemas e padronização de funções.

Entenda melhor um pouco de cada um desses itens fundamentais para um treinamento de qualidade.

1.  Atendimento ao cliente

O cliente é a maior prioridade do seu restaurante, por isso, sempre que for investir em treinamento de equipe, invista em conhecimentos voltados à melhoria significativa no atendimento.

O boca a boca é a melhor propaganda de um restaurante e a maioria dos clientes visitam estabelecimentos indicados pelos amigos e conhecidos. Essa indicação acontece quando, além de um bom cardápio e de um ambiente acolhedor, o restaurante oferece também um atendimento de qualidade.

Busque por treinamentos que tenham o objetivo voltado a melhorar a comunicação tornando esse processo claro, prezando pela educação total com o consumidor.

Lembrando que nem sempre manter essa conduta é fácil, afinal, lidar com pessoas é estar sujeito a oscilações de humores.

Por isso, é fundamental que o colaborador saiba se manter neutro diante das situações, por mais difíceis que elas sejam no momento.

2.  Capacitação para resolver problemas

Para que seu funcionário esteja pronto para resolver qualquer situação que aparecer, invista em cursos que possam capacitá-lo para esse momento.

Além de capacitá-lo para saber como resolver os problemas diários de um restaurante movimentado, dê a eles autonomia em determinadas situações, para que possam resolver pequenas situações sem precisar chamar supervisores.

Essa atitude mostra ao cliente que seu estabelecimento é seguro e unido, garantindo uma sensação de confiança, segurança e organização.

Essa autonomia e esses investimentos em capacitação e atendimento aumentam a experiência profissional dos seus colaboradores, o que faz com que eles se sintam valorizados no ambiente de trabalho e desejando permanecer na empresa.

3.  Desenvolvimento profissional

Além de treinar para o básico, que é atender e solucionar problemas, é preciso servir seus clientes com excelência. Investir em desenvolvimento profissional, como cursos de idiomas ou cursos de sommelier de vinhos, também podem ser ótimas dicas para fazer com que seu colaborador evolua e aumente ainda mais as vendas.

Imagine a seguinte cena: um cliente chega ao seu restaurante e pede um prato do seu cardápio, em seguida ele pergunta ao garçom qual vinho combina mais com aquele prato.

O esperado é que o garçom entenda de harmonização de vinhos e tenha conhecimento suficiente para aumentar a experiência gastronômica, refletindo assim na satisfação do cliente e crescimento dos lucros.

4.  Padronização de funções

A padronização das funções tem como objetivo otimizar as operações do restaurante e facilitar alguns procedimentos, evitando com que sejam esquecidos.

Por exemplo, se um de seus funcionários for responsável por checar a adega, coloque como padrão que a visita e a checagem das bebidas sejam feitas todos os dias logo após sua entrada no restaurante.

Essa é uma maneira básica de treinar seus colaboradores para o melhor funcionamento possível do seu restaurante e, se possível, lembre com frequência suas funções até que todos entrem no ritmo do trabalho.

Porém, só treinar e cobrar o tempo todo torna o ambiente cansativo e nada prazeroso de trabalhar, concorda? Por isso, outra etapa fundamental para reter uma boa equipe é a motivação.

Como motivar uma equipe de restaurante?

Se você pensa que motivar está associado apenas a incentivos financeiros, você está um pouco equivocado em relação ao assunto. Por mais que um bônus extra seja bom, em determinadas situações pode não ser suficiente.

Existem outras maneiras de motivar sua equipe, sem necessariamente serem relacionadas com o dinheiro. Algumas dessas opções são:

  • ouvir as necessidades que a sua equipe tem;
  • reconhecer os esforços e a dedicação com o trabalho;
  • ser flexível em determinadas ocasiões;
  • aproveitar de maneira correta as habilidades individuais; e
  • conversar e ouvir com frequência a equipe.

Manter a equipe motivada faz com que o ambiente de trabalho seja um local mais tranquilo e feliz, características que trazem benefícios para o seu negócio. Afinal, um ambiente de trabalho leve e feliz, aumenta a criatividade dos funcionários, o bem-estar e a vontade de exercer sua profissão com excelência.

Tudo isso reflete na maneira como eles vão atender os clientes e solucionar os problemas que aparecerem durante o expediente.

Por fim, um funcionário motivado não pensa em desistir do seu emprego, pelo contrário, faz tudo o que estiver ao seu alcance para permanecer e ser promovido.

Como reter a equipe do restaurante?

Ao longo do artigo, citamos que o processo de contratação pode ser um auxiliar na busca pela permanência da equipe no restaurante, assim como o treinamento de qualidade e a motivação certa.

Mas será que isso é o suficiente para reter sua equipe e diminuir o turnover do seu negócio?

Bom, além dos critérios citados neste artigo, ainda é possível dizer que o salário também influencia no processo de manter seus funcionários.

Pense que a remuneração é uma forma de valorização, mas lembre-se de que ela não é a única. Ou seja, é fácil perceber que cada uma das etapas listadas aqui funciona como uma peça de um quebra-cabeça, isso é, nenhuma dessas etapas funciona sozinha.

De nada adianta salários altos quando o ambiente de trabalho é estressante e caótico. Do mesmo modo, de nada resolve que os treinamentos sejam variados e de qualidade, quando o colaborador não é motivado e valorizado como profissional.

Com todas essas dicas ficou mais fácil entender como funciona o gerenciamento de pessoas e de um estabelecimento, não é mesmo?

Coloque em prática cada uma dessas dicas e veja como ter uma equipe de sucesso e permanente pode ser algo possível para o seu negócio.

Transforme o seu cardápio em uma poderosa ferramenta de vendas

E-book enviado com sucesso!

Agora você pode ler este e-book sempre que quiser. Agradecemos o interesse.

Deixe seu comentário

Conheça o oimenu

Saber mais