Como fazer para conquistar os clientes em seu restaurante

Nossas dicas para tirar o máximo proveito da equipe que você já tem no seu restaurante e conquistar clientes desde a primeira impressão.

atendente servindo

Com a alta concorrência do setor de comida fora do lar, ter um treinamento eficiente de equipe não é somente importante — é essencial.

O problema é que para isso é necessário um treinamento pago ou uma consultoria de recursos humanos, e nem sempre o proprietário tem tempo e dinheiro para isso.

Ou seja, na maioria das vezes é necessário trabalhar com o capital humano disponível.

O nosso objetivo é mostrar como fazer bom uso da equipe do seu restaurante que você já possui.

A primeira impressão é a que fica

É mais fácil reverter um problema que ocorreu no final do consumo do que um problema que ocorre logo de cara (como esquecer de levar o cardápio). A partir daí, todo o resto do serviço — por melhor que seja —, não será o suficiente para curar a desconfiança.

E se qualquer outro deslize ocorrer depois… aí mesmo que não há volta.

Portanto, se coloque no lugar do cliente — imagine-se descobrindo o seu restaurante e entrando neste pela primeira vez, e tome notas sobre o que pode ser melhorado.

Simpatia mas sem exageros

Frases bem entoadas como “Boa noite senhor”, “sejam bem vindos”, “fiquem a vontade”, “qualquer dúvida me chame”, etc., são suficientes para deixar o cliente confortável.

Mas o cliente não é seu amigo íntimo. Respeite a privacidade deste — não puxe e nem escuta conversas alheias e evite pairar perto das mesas quando não houver necessidade.

Resolva problemas sem chamar atenção

Um restaurante lotado é uma máquina de produzir situações inusitadas que fogem do controle. É preciso ter destreza, calma e agilidade ao mesmo tempo para contornar e resolver problemas.

Debata com sua equipe ao final de cada semana quais foram as situações mais marcantes e como elas foram resolvidas.

Todos devem saber como resolver os problemas mais comuns de maneira que o cliente nem perceba.

Crie processos e os acompanhe

chefe de cozinha

Toda empresa com vários setores necessita de rotina e processos — e não estamos falando de burocratização, mas de procedimentos a serem seguidos.

Por exemplo:

Não sorteie quem vai atender cada cliente ou quem vai lavar a alface. Especifique o quão salgado ou doce deve ser o molho. Tem restaurante que ainda modela o hambúrguer sem pesar, só no “olhômetro”!

Para cada operação em que haverá repetição, escreva e explique ao funcionário como executar passo a passo. Quadros e impressos na cozinha ajudam.

O motivo para esse cuidado é simples — o cliente que gostar do seu molho ou do seu atendimento estará voltando para ter a mesma experiência e sentir o mesmo gosto. Portanto, garanta que o processo seja sempre o mesmo.

Higiene e segurança alimentar

Há leis e normas para isso, portanto se enquadre. Peça ao seu contador lhe enviar tudo o que é necessário para estar em dia.

Não é incomum fiscais da Anvisa ou da vigilância sanitária passaram sem aviso para fiscalizar o seu estabelecimento. Mas independente das fiscalizações, a qualidade do seu produto, a saúde do seu cliente e a longevidade do seu restaurante dependem disto.

Atente-se aos requisitos principais:

  • Certifique-se que todos que manipulam alimentos tenham treinamento de boas práticas e exames médicos em dia
  • Separe bem os alimentos por tipo e temperatura
  • Acompanhe os prazos de validade
  • Capriche na assepsia dos instrumentos e das mãos

A tecnologia é sua amiga

dono de restaurante

Em 2018, ainda existem restaurantes que não possuem máquina de cartão.

A tecnologia substitui processos manuais e atendem novas demandas de mercado, fazendo você vender mais, porém gastando menos. Aqui estão algumas ideias fáceis (e baratas) de implementar:

Adquira um sistema de restaurante. Facilita muito o controle de estoque e fornece relatórios úteis para ajudar nas tomadas de decisões.

Cadastre-se em aplicativos de delivery. Aproveite aplicativos de delivery para aumentar o faturamento da sua empresa.

Invista em um cardápio digital. O cardápio digital do Oimenu fica em um tablet em cima da mesa. Com ele é possível reduzir o número de atendentes, pois o próprio cliente faz o seu pedido assim que chegar. Isso permite que você tenha uma equipe mais enxuta, unida e motivada.

Mas o Oimenu também funciona como uma ferramenta de gestão por si só, oferecendo relatórios detalhados, pesquisa de satisfação dos clientes, e muito mais.


Sabia que você pode pedir uma demonstração gratuita do nosso cardápio digital hoje mesmo? Dê o primeiro passo para revolucionar o seu negócio!

O que você achou do post?

2 Respostas

Deixe seu comentário