cesta de compras

Antes de mais nada, para montar um cardápio vegetariano e/ou vegano, você precisa se informar sobre esse tipo de alimentação. Não basta substituir um hambúrguer de carne por um hambúrguer de soja e achar que já fez o suficiente visto que essas tendências alimentares envolvem muito mais que isso.

Também é preciso entender o quão importante e o quanto essa adaptação de cardápio faz diferença para o seu restaurante. Em uma pesquisa do Ibope feita em 2012, a estimativa era que 8% da população se declarava vegetariana. Já em 2018, uma nova pesquisa realizada com 102 municípios no Brasil, o Ibope calculou que 14% da população brasileira se declarou vegetariana e o esperado é que esse número continue a crescer com o passar dos anos.

Dito isto, não basta apenas você ter todas as informações necessárias. Garanta que o seu cozinheiro também esteja por dentro dessas tendências e que este saiba quais ingredientes utilizar e como utilizá-los!

É fácil deduzir que fazer a adaptação do seu cardápio irá atrair um bom público para o seu estabelecimento, certo? Primeiro, saiba que existe uma diferença entre ambas tendências, o próprio vegetarianismo tem suas subdivisões:

  • Ovolactovegetarianos não consomem carne, mas consomem ovos e lacticínios
  • Lactovegetarianos consomem lacticínios e derivados, mas deixam de comer carne e ovos
  • Vegetarianos abrem mão de comer carne, ovos e lacticínios

Já os veganos são aqueles que não consomem nada de origem animal. O que vai ainda além da alimentação: cosméticos que são testados em animais também são vetados pela comunidade vegana, assim como alguns produtos de limpeza e até mesmo roupas e calçados.

Ingredientes Naturais

bowl de frutas

Uma coisa que você pode apostar sem medo para agradar ao público vegetariano e vegano, são ingredientes naturais:

  • Frutas
  • Verduras
  • Leguminosas
  • Hortaliças
  • Sementes
  • Cereais

Uma salada de frutas com aveia e sementes faz um ótimo café da manhã ou lanche da tarde, leguminosas são uma ótima forma de incrementar saladas no almoço e a aveia complementa bem as receitas de “carne” veganas.

Soja

Falando em carne veganas, a opção mais comum a se utilizar na substituição é soja. Não apenas para opções de carne (como hambúrguer, salsicha, etc.), mas também para vários outros tipos de alimento, como o leite, iogurte, manteiga e até mesmo amendoim.

Lacticínios

sementes veganos

A soja não é a única opção quando falamos de laticínio. Existem opções de leites, queijos, iogurtes, entre outros produtos lácteos feitos de:

  • Amêndoas
  • Castanhas
  • Côco
  • Arroz
  • Aveia
  • Semente de girassol
  • Batata
  • Mandioca
  • Óleo de palma

O seu cozinheiro pode testar várias receitas diferentes e ver qual que tem uma melhor aceitação com os clientes. Considere fazer um dia de degustação vegetariana e vegana, não apenas é uma boa maneira de atrair clientes como também será uma boa base para conhecer o gosto deste público.

Ovos

Os ovos em uma receita têm a função de dar elasticidade e textura na massa e, por isso, as melhores opções para substituí-los são: uma mistura de água e farinha de linhaça ou uma mistura de água e semente de chia. A semente de chia é conhecida por trazer os melhores e mais surpreendentes resultados!

Simplicidade

espaguete delicioso

Às vezes acontece de você ficar quebrando a cabeça pensando em um cardápio elaborado para atender o público vegetariano e vegano quando uma coisa tão simples quanto utilizar macarrão sem ovos ao invés do mais comumente usado já resolve o seu problema.

A única maneira de achar soluções criativas e práticas é estudando sobre o assunto e, a partir das ideias propostas aqui, você já consegue várias opções para tornar o seu cardápio mais atrativo e conquistar esse público de maneira que eles permaneçam clientes fiéis!