Sazonalidade dos Alimentos: Para variar o cardápio sem gastar muito

Use a sazonalidade dos alimentos a seu favor! Preparamos algumas dicas que podem ser colocadas em prática, desde o primeiro dia do ano.

Sazonalidade dos Alimentos

Muitas vezes, os restaurantes apostam num cardápio quase sempre mantido por muitos e muitos anos da mesma forma. O que, a princípio, pode facilitar no preparo dos pratos, na hora da operação, muitas vezes pode tornar o processo todo, desde a compra de ingredientes até o paladar do cliente, muito difícil.

Isso porque estamos desacostumados com a natureza: queremos tudo que ela dá em todas as épocas e, quase sempre, conseguimos – apesar da variação dos preços, justificada pela dificuldade em conseguir, por exemplo, um abacate justamente na época que é do tomate. Percebam que a natureza é cíclica.

Agora, e se a gente usar isso a nosso favor? Se a gente conseguir utilizar os alimentos da época, criando deliciosas receitas em nosso menu, além de atrair novos clientes e surpreender os antigos, o custo da empresa, certamente, irá diminuir, uma vez que a gente só usa abacate na época do abacate. E assim por diante.

Em países de tradição culinária, como é o caso da França, por exemplo, é muito comum o menu conter expressões como: “frutas da época” e "consulte o garçom sobre a disponibilidade”. Além de tudo, é uma atitude sustentável, em favor do meio ambiente.

Vale ressaltar que o Guia Alimentar para a População Brasileira, uma tabela oficial do Ministério da Saúde e que recentemente ganhou o mundo todo, indica que a chave para a boa alimentação é, sem sombra de dúvidas, o consumo de alimentos in natura e os minimamente processados, além da variedade.

Ou seja, estar economizando com o custo do produto e entregando saúde, em forma de variedade, sustentavelmente, é a garantia de uma receita certa para atrair os consumidores mais exigentes e que precisam do seu restaurante para contarem com uma alimentação balanceada, também, fora de casa.

O termo “sazonal”, segundo o google, indica uma relação com as estações do ano: primavera, verão, outono e inverno. E, senso comum cabendo aqui, todos sabemos que as épocas de determinados legumes, verduras e frutas variam de acordo com cada uma delas, ao longo de um ano.

Critérios como a mudança de temperatura, nos ventos, nas chuvas e as consequentes alterações do solo são fatores que contribuem para a sazonalidade dos alimentos – a famosa “época” de cada um.

Para preparar seu cardápio para usar a sazonalidade a seu favor e sem parecer que é uma atitude sem planejamento nenhum, preparamos algumas dicas que podem ser colocadas em prática, desde o primeiro dia do ano.

Sazonalidade dos Alimentos

variedade de alimentos

Antes de mais nada, procure se informar sobre quais alimentos estão prontos para o consumo em quais épocas do ano. A conta no instagram chamada @mdagovbr, que hoje é chamada de Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, é uma boa fonte informativa sobre os alimentos de cada mês. Com essa lista em mãos, você pode partir para a segunda parte de um planejamento eficiente, para trabalhar em favor e de forma sustentável com a sazonalidade.

Datas Festivas

O termo “sazonal”, segundo o dicionário Priberam, também significa “que tem duração limitada durante o ano”. Ou seja, quando começa um novo ano, já se sabe todas as datas do calendário. Desta maneira, coincidindo o calendário dos alimentos com as datas comemorativas, você poderá elaborar um cardápio adequado e com receitas que já foram muito bem pensadas e com antecedência para suprir aquela data. É o caso de colocar no preparo do mês de maio uma elaboradíssima sopa de abóbora japonesa, para suprir o quentinho que falta no mês e ainda por cima celebrar o dia das mães.

Entendeu a lógica desta dica? Sabendo que o dia das mães é em maio e tendo uma lista de ingredientes adequados ao consumo nesta mesma época, é hora de deixar a criatividade tomar conta do pessoal da cozinha e impressionar no sabor dos pratos, podemos assim dizer, sazonais.

Use e Abuse da Criatividade

Criatividade alimentos

Não adianta fazer como o exemplo dos franceses que colocam nos seus cardápios que a sobremesa é uma fruta da época. Saiba qual é a fruta da época e já ofereça a sobremesa com uma receita diferenciada. Aliás, a OiMenu, por ter cardápios digitais, é uma grande aliada para esta etapa. Afinal de contas, você não precisará pensar em reelaborar os cardápios físicos – e, já estará sendo sustentável duas vezes.

A dica aqui é mais para estimular os proprietários dos estabelecimentos e seus chefs a elaborarem pratos fantásticos com ingredientes já conhecidos. Sem dúvida alguma, é aí que mora a fidelização do seu clientes: na qualidade do seu produto.

Dadas estas dicas, esperamos que você se aprofunde no tema, pois estudar é a melhor forma de conhecer cada um dos ingredientes. Contudo, você pode começar indo à feira local e conversando com os feirantes, geralmente os próprios agricultores. Eles são uma das melhores fontes de conhecimento que você poderá ter a respeito do tema. Escute-os com sabedoria e humildade.


Se você tem ainda alguma dúvida sobre como utilizar a sazonalidade dos ingredientes a seu favor, deixe-nos saber, comentando abaixo.

O que você achou do post?

4 Respostas

Deixe seu comentário