Deliway

Como criar um cardápio no Google Meu Negócio

A nova ferramenta do Google é ideal para donos de restaurante que querem marcar presença no maior buscador online do mundo. Saiba o que você precisa fazer para colocar seu cardápio na página inicial da empresa.

Cardápio google

Boa notícia para os donos de restaurante que buscam ter uma presença digital maior: o Google, maior mecanismo de buscas do mundo, agora permite que os empreendedores cadastrem o cardápio do restaurante no buscador.

Os clientes já podem ver diretamente as opções disponíveis no restaurante através de uma busca rápida no Google.

Outra opção para aparecer no buscador é criar uma página na web para o restaurante com o cardápio e informações sobre o negócio. Afinal, quem não é visto não é lembrado, não é mesmo?

Por isso, é importante pensar em todos os detalhes, desde as plataformas em que o seu negócio vai marcar presença até como deve ser elaborado o cardápio digital do seu restaurante.

Hoje em dia, é muito comum que as pessoas utilizem o site de buscas, não só para encontrar recomendações de restaurantes, mas também para encontrar fotos dos pratos servidos e informações sobre o serviço, como horário de funcionamento e se há opção de delivery.

E é por esse motivo que a OiMenu preparou este artigo com tudo o que você precisa saber sobre como fazer seu bar ou restaurante aparecer no Google e alcançar cada vez mais novos potenciais clientes.

Para saber como fazer isso é só continuar a leitura.

O que é o Google Meu Negócio?

O Google Meu Negócio é uma funcionalidade lançada a fim de ajudar novos empreendedores a divulgar seus estabelecimentos nas páginas do maior mecanismo de busca do mundo.

A partir da busca pelo local, os clientes podem visualizar informações sobre o restaurante, como horário de funcionamento, avaliações, fotos e até mesmo os itens do cardápio, recurso disponível agora com a nova modalidade.

A plataforma permite que os empreendedores reivindiquem a propriedade do negócio e adicionem novas informações, respondam as perguntas dos clientes e possam cadastrar um cardápio para que eles tenham acesso ao menu também fora do restaurante.

Essa é uma ótima ideia para conquistar clientes que não conhecem ainda o estabelecimento e podem, a partir do cardápio online, analisar melhor as opções do restaurante. Além do mais, esse é um diferencial que pode fazer o consumidor optar pelo seu local em vez de um outro estabelecimento que não ofereça essa comodidade.

Inclusive, essa também é uma ótima opção para quem já é cliente, já que o consumidor pode escolher seus pratos previamente ou pedir delivery caso o restaurante ofereça essa opção.

Como adicionar os dados do seu cardápio no Google Meu Negócio?

Para acrescentar fotos, informações e descrições do cardápio do seu restaurante na ferramenta, basta procurar pelo nome da empresa e reivindicar a propriedade. Afinal, o seu restaurante já deve existir por lá, por conta das avaliações e respostas dos guias locais da plataforma.

Mas, se ele ainda não existir, você deve fazer o login no Google Meu Negócio, caso já tenha uma conta Google, e digitar o nome da sua empresa na barra de busca.

Caso não haja nenhuma opção com o nome e endereço do seu negócio na pesquisa, o buscador vai oferecer a opção de criar uma empresa com esse nome.

Na próxima etapa, você escolhe a categoria do seu negócio, como uma hamburgueria, restaurante oriental, pizzaria, bar ou pub e afins. Escolha a categoria principal e não se preocupe: é possível adicionar categorias secundárias depois, como delivery ou bar, caso seu empreendimento também apresente essas opções.

O próximo passo é indicar qual é a área de atuação do seu negócio. Por isso, insira o local do seu empreendimento mesmo que ele seja apenas delivery, pois o Google pode mostrar resultados por proximidade de quem busca também.

Por fim, é possível adicionar site e telefone, uma ótima opção para quem atende por WhatsApp, possui um site próprio ou até mesmo uma rede social para o restaurante.

Para finalizar o processo de reconhecimento do seu negócio, o Google oferece duas opções para a fase de confirmação: por meio de um cartão-postal a ser enviado por correio ou por meio de uma vídeo chamada com a equipe do Google Meu Negócio.

Vale lembrar que a opção do cartão postal pode levar até 12 dias para ser entregue ao destinatário.

Bom, mas e se o meu negócio já consta na base de dados do Google e eu só tenha que me identificar como proprietário?

Da mesma forma, é necessário seguir os padrões da fase de confirmação, basta clicar na opção “Reivindicar esta empresa” quando buscar o nome do seu negócio e seguir os passos indicados pelo Google para confirmação da sua identidade.

Quando você se identifica como o dono do empreendimento é possível editar, alterar ou apagar informações equivocadas postadas por terceiros. Além disso, você também pode cadastrar um cardápio na ferramenta de forma bem simples:

  1. Faça o login no Google Meu Negócio, correspondente ao local que você quer editar.
  2. Abra o menu à esquerda e selecione a opção “Cardápio”.
  3. Agora, você pode editar ou adicionar itens no menu.
  4. Insira as informações sobre o prato e salve as alterações.

Também é possível excluir um item, clicando no ícone de três pontinhos ao lado dele e, em seguida, em “excluir”.

A função de adicionar seção no cardápio também está disponível e é só escolher a opção “Adicionar seção de cardápio”.

Ou seja, é bem simples criar um cardápio diretamente pelo Google Meu Negócio, assim como alterá-lo caso seja necessário futuramente.

Aliás, uma funcionalidade também apresentada pela plataforma é a disponibilização de cardápio criado por terceiros, que também pode ser mostrado na página da sua empresa - e substituído futuramente por um cardápio do Google Meu Negócio se você quiser.

E, caso o cardápio criado fora do Google seja uma opção mais interessante para você, separamos um guia sobre como criar um cardápio online.

Como deve ser elaborado o cardápio digital?

Há vários modelos de cardápio digital por aí, mas aquele que será publicado na internet deve estar em formato PDF - como arquivo de texto - ou PNG - como arquivo de imagem de melhor qualidade.

De modo geral, o cardápio online deve conter fotos, informações sobre os pratos e valores.

Atente-se para não exagerar nas cores e também para não deixar o cardápio muito poluído. Quanto mais direto você for no cardápio, maior a chance de manter a atenção do público por mais tempo.

O seu cardápio pode ser criado tanto por editores de textos como por ferramentas de design mais rebuscadas, como Photoshop, Illustrator ou até mesmo por ferramentas grátis, como o Paint, Photoscape ou o Canva.

Se você não conhece essas opções, não se preocupe: listamos três delas que podem ajudar você a criar um design simples para cardápio.

Qual programa usar para fazer um cardápio online?

Confira as nossas três opções favoritas para montar um cardápio online, que são simples e, de certa forma, fáceis de utilizar, de modo que você mesmo pode fazer o design sem nenhum mistério.

1.  Canva

A ferramenta é a queridinha de todos que estão começando no mundo do design ou que nem mesmo tenham tido contato com essa área anteriormente.

Através do site do Canva, é possível escolher modelos prontos de vários documentos e a boa notícia é que o cardápio é um deles!

Basta utilizar a barra de pesquisa e inserir o termo “Menu”. Depois, é só escolher um modelo base que combine com o perfil do seu restaurante.

Todas as opções são editáveis, então basta clicar duas vezes nos itens já dispostos no modelo para editar e colocar suas próprias opções de pratos, além de preços e descrições.

Também é possível adicionar mais texto com a ferramenta “Text” na barra de ferramentas. As imagens podem ser adicionadas através da aba “Upload”.

2.  Editores de texto - Word/Google Docs

Essa dica é para quem busca uma opção mais simples: os editores de texto podem ajudar. O Microsoft Word, por exemplo, oferece até mesmo opções de layout com cores e margens diferentes para o modelo de cardápio.

A separação dos pratos no documento pode ser feita por colunas e alguns editores até sugerem padrões de formatação específicos para esse tipo de design.

Através dos editores de texto, também é possível adicionar imagens, colorir o fundo do cardápio, inserir logos e etc.

3.  Photoscape

O Photoscape é um editor de imagens que pode ser baixado gratuitamente e é bem fácil e intuitivo de utilizar.

Para criar um cardápio no photoscape, você deve:

  • escolher a opção “Editor” na página inicial;
  • ir até o botão “Menu” e selecionar “Nova foto”;
  • selecionar as dimensões e cor do fundo do documento;
  • adicionar os próximos detalhes, como imagens, indo à aba Objeto > Imagem;
  • arrastar e redimensionar as imagens no documento como preferir; e
  • acrescentar as opções do cardápio, títulos e descrições com a ferramenta de texto. Várias caixas de texto podem ser criadas. Depois, é só arrastá-las e posicioná-las da forma como você achar melhor.

Viu como é simples criar uma arte para o seu cardápio online? Depois de pronto, basta adicionar o design ao Google Meu Negócio para que a sua clientela veja mais essa novidade do seu empreendimento.

Não se esqueça de sempre responder aos comentários e avaliações dos clientes no Google. Afinal, é pelas mensagens de outros consumidores que muita gente se baseia na hora de escolher onde comer.

Transforme o seu cardápio em uma poderosa ferramenta de vendas

Ebook enviado com sucesso!

Agora você pode ler este ebook sempre que quiser. Agradecemos o interesse.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário
CONHEÇA O OIMENU