Deliway

Como projetar e montar um sistema drive-thru?

Com a rotina do dia a dia cada vez mais agitada, as pessoas têm procurado opções que permitam uma refeição rápida, mas com qualidade. Saiba como implantar o sistema drive-thru e atender a esses clientes.

Sistema drive-thru

Quem tem um restaurante sabe que é essencial se adaptar às tendências que surgem. Em tempos em que o dia das pessoas é cada vez mais corrido e agitado, o sistema drive-thru pode ser uma boa solução a oferecer.

A expressão vem do inglês "drive through" e pode ser traduzida como “dirigir através". Foi um sistema criado em meados dos anos 90, por grandes redes de fast food para conseguir fornecer um atendimento mais rápido.

E, embora esse sistema seja mais comum nessas redes, você pode adaptar para o seu negócio, caso o local tenha espaço para implantá-lo.

Sem mais delongas, confira a partir de agora tudo o que você precisa saber sobre como funciona o sistema drive-thru, a diferença entre esse e outros modelos de negócio e como montar o seu sistema drive-thru!

Como funciona o sistema drive-thru

Nessa modalidade de negócio, os clientes vão até o estabelecimento em seus carros e fazem o pedido através de um totem ou de um atendente, que estará à disposição em uma janela. Após fazer o pedido, os carros ficam esperando em uma fila próxima a outra janela, onde receberão o pedido quando estiver pronto.

Se o seu restaurante possui atendimento no local, o ideal é separar as equipes que cuidam do atendimento local e do drive-thru, isso porque o atendimento no último sistema precisa ser ágil e o time que vai preparar, atender e entregar deve estar bem preparado.

Essa é só mais uma qualidade desse sistema. Confira outros benefícios que você e seu estabelecimento ganham ao inovar com esse sistema!

5 benefícios do sistema drive-thru

Modernizar seu empreendimento normalmente traz muitos benefícios, e aqui não poderia ser diferente. Confira alguns benefícios de apostar nesse upgrade!

1.  Comodidade para a equipe e para os clientes

Você não precisa se preocupar em limpar e desocupar mesas, tudo acontece rápido e sem burocracia: o cliente chega, faz o pedido, espera alguns minutos e sai com o lanche, enquanto a equipe se prepara para atender uma nova demanda.

Além disso, a principal forma de pagamento neste modelo de negócios é o cartão de crédito ou débito, incluindo os cartões por aproximação.

Pagar pela refeição está apenas a uma esticada de braço de distância. O cliente nem precisa ter contato com a maquininha e o atendente com o cartão. Simples assim!

2.  Atendimento rápido para quem tem pressa

Tanto o atendimento quanto o preparo do pedido são feitos de forma rápida. Afinal, o formato do sistema foi feito para ser implantado em redes de fast food, mas qualquer restaurante com espaço suficiente pode adotar o sistema e fornecer um atendimento mais ágil para o cliente que quer pedir comida sem ter que esperar muito por isso.

3.  Economia com taxas e custos de operação

Uma vez que você adota o sistema drive-thru, não tem que se preocupar com taxas de delivery ou com os custos de operação de um restaurante tradicional, como a folha de pagamento de garçons e equipe de salão. Assim, sobra mais dinheiro para investir nas modernizações do seu negócio.

4.  Menos desperdício

Como a produção é feita apenas com base na demanda e pedido dos clientes, o desperdício é bem menor do que um sistema de buffet, por exemplo. No fim do dia, o desperdício de matéria-prima é bem menor nesse sistema.

5.  Menos chance de errar na hora de anotar os pedidos

É muito mais difícil errar na hora de anotar os pedidos. Afinal, caso o cliente utilize um totem de autoatendimento, o único erro possível aconteceria na execução dos pedidos. Já quando o atendimento é feito por um funcionário, é de praxe que ele confirme a escolha do cliente, assim, as chances de errar na hora de mandar o pedido para a cozinha são bem menores.

Diferenças do sistema drive-in e drive-thru para restaurante

Os dois sistemas são muito semelhantes, mas, ao contrário do drive-thru, o drive-in não precisa de muitas alterações na estrutura física do empreendimento, basta um estacionamento onde o cliente possa esperar pelo pedido.

Isso porque, em um sistema drive-in, o cliente faz o pedido através do celular ou de um menu entregue por um funcionário e espera pelo produto dentro do carro, no estacionamento do restaurante.

É quase como um sistema take away, mas de modo que cliente o sequer sai do carro.

Ao contrário do drive-thru, o sistema drive-in é muito comum não só em restaurantes, mas também em farmácias, mercados e bancos.

Como montar um sistema drive-thru para restaurante

Se você já se convenceu que o sistema drive-thru é uma boa ideia para o seu restaurante, separamos algumas dicas sobre como montá-lo do zero.

Crie um plano de negócios

O plano de negócios é uma ferramenta essencial para quem quer ter sucesso nos empreendimentos. É esse documento que vai guiar um negócio antes mesmo da sua abertura até as futuras projeções para o seu investimento.

Ter um plano de negócios garante que você esteja organizado e preparado para lidar com os eventuais desafios que possam surgir.

Monte um cardápio exclusivo para o drive-thru

Considerando a agilidade esperada do sistema, o seu cardápio tem que oferecer opções que possibilitem esse preparo ágil. Por isso, deixe de lado os pratos elaborados e aposte em soluções práticas para entregar aos seus clientes com rapidez e qualidade.

Treine sua equipe

O atendimento nesse modelo é bem diferente de um sistema de salão de restaurante tradicional. Como você já sabe, a equipe que vai estar no comando do novo sistema deve ser uma equipe mais rápida e capacitada para trabalhar, muitas vezes, sob pressão.

Para isso, é necessário que você ofereça treinamento específico para esse tipo de sistema: desde o atendente do caixa até a cozinha.

Pense na infraestrutura

Você precisa ter espaço físico para implementar um sistema como esse. É preciso que haja uma boa área ao redor do empreendimento para que você possa criar uma entrada e saída de veículos, além de manter um bom espaço para organizar a cozinha, onde vai acontecer boa parte da dinâmica do sistema.

Além disso, deve haver duas janelas bem posicionadas, uma para pedido e outra para entrega dos pedidos.

Invista em marketing

Depois de implantar a novidade no seu restaurante, você deve promover a ideia para os clientes, tanto antigos como novos. Invista em chamadas que chamem a atenção de quem está sempre correndo, mas, mesmo assim, não abre mão de uma boa refeição.

As redes sociais são uma ótima ideia para fazer essa divulgação, já que boa parte do público consumidor já está presente no mundo online.

Agora, é hora de arregaçar as mangas e botar em prática seu mais novo projeto. Afinal, modernizar um empreendimento é sempre um grande passo e agora você tem todas as dicas necessárias para abrir um drive-thru. É só colocar a mão na massa!

Transforme o seu cardápio em uma poderosa ferramenta de vendas

Ebook enviado com sucesso!

Agora você pode ler este ebook sempre que quiser. Agradecemos o interesse.

O que você achou do post?

1 Resposta

Deixe seu comentário
Demostração de cardápio digital