Aumente em até 40% o ticket médio do seu restaurante!

Conheça o oimenu

Como ser um restaurante amigo das crianças

Você sabe o que um restaurante precisa oferecer para ser um amigo das crianças? Consegue entender as vantagens em ter um espaço para esse público-alvo e percebe como essa ação pode fidelizar clientes? Não? Então veja este artigo que preparamos para você!

Compartilhe

Restaurante amigo crianças

Oferecer um espaço de entretenimento para os pequenos com atividades para colorir, área infantil com brinquedos e monitoramento é um bônus para aquelas famílias que gostam de sair para jantar, mas ficam receosos com o comportamento das crianças. Pontos extras para quem oferecer um cardápio infantil!

Ser um restaurante amigo das crianças pode trazer muitos benefícios ao seu negócio, como:

Para aproveitar essas vantagens, basta oferecer um ambiente confortável e entretenimento para que o cliente tenha um tempo de qualidade em família.

Confira como oferecer tudo isso e muito mais neste artigo, que está repleto de dicas e sugestões para você investir e conquistar seus clientes mirins.

O que oferecer para receber bem o público infantil?

Apesar de muitos acharem que esta é uma tarefa difícil, a situação pode ser bem simples: além de oferecer opções de entretenimento para a criançada, invista em pequenos detalhes, como copos com tampas e canudos.

Essas podem ser dicas básicas, mas que ajudam muito na hora de evitar pequenos acidentes ao servir os pequenos. Ofereça também cadeirões e babadores personalizados para conquistar a família de vez!

Confira algumas outras sugestões de como agradar as famílias e se tornar um restaurante referência para o público familiar.

1.  Mesas e cadeiras

Crianças pequenas precisam de cadeiras especiais ou assentos de elevação, principalmente os bebês, por isso, não deixe de ter essas opções disponíveis.

As mesas devem ser um pouco maiores, pois os pequenos demandam espaço, seja para pôr copos, pratos, toalhinhas de boca ou brinquedos que podem vir de casa.

2.  Atividades de colorir

Também são ótimas opções de entretenimento e uma das mais baratas, basta oferecer giz de cera nas cores primárias e papel com desenhos para colorir ou com pequenos joguinhos de passatempo.

Para que essa opção saia mais em conta, as atividades podem ser impressas em folhas de qualidade mais baixa e o giz pode ser reaproveitado.

3.  Banheiros

Esta opção não é regra, mas facilita muito a experiência das famílias quando o estabelecimento possui fraldário, banheiro infantil ou ainda um banheiro para a família com suporte para troca de fraldas.

Alguns estabelecimentos optam por essa última versão, pois o preço sai mais em conta e agrada a maioria do público que prefere um pouco mais de privacidade em determinados momentos.

Sendo assim, pense na ideia de disponibilizar um banheiro familiar, com uma pia de baixa estatura para que os pequenos mais independentes possam fazer tarefas como lavar as mãos sozinhos.

4.  Utensílios e embalagens

Aqui, é importante ressaltar a importância dos copos de plástico com tampas, pois eles evitam acidentes e não quebram.

Tenha sempre canudos disponíveis, assim como as colheres, que devem ser colocadas na mesa junto com os outros talheres.

Deixe um porta-guardanapos sempre em evidência na mesa e não use decorações como velas, por exemplo, pois isso pode trazer um risco desnecessário para os pequenos.

5.  Equipe e treinamentos

A equipe de atendimento do restaurante deve estar treinada para receber as famílias, sendo compreensiva e atenciosa com os pais e responsáveis, assim como deve ter total educação com as crianças e ter em mente pequenos gestos de segurança, como:

  • nunca pôr objetos cortantes perto das crianças;
  • não colocar pratos quentes em lugares que podem ser alcançados pelos pequenos;
  • saber como servir as crianças sem causar acidentes; e
  • cuidar ao transitar pelo salão entre as mesas.

Além disso, é importante que os atendentes prestem atenção aos sinais de quando ouvir o pedido de uma criança e de quando esse não deve ser anotado.

Por fim, entenda que, se necessário, é possível chamar atenção dos pais que estejam negligenciando o cuidado com os filhos, porém, essa medida deve ser feita com sutileza, respeito e atenção para não causar nenhum mal-entendido.

Agora que você já sabe como melhorar o ambiente em prol das famílias, você já pode se candidatar a ser o local preferido da garotada - e dos responsáveis. Veja dicas de como fazer isso!

Qual a importância de um espaço para crianças em um restaurante?

Ao possuir uma área de lazer infantil, o negócio ganha a preferência de muitos pais que desejam mais tranquilidade para si e diversão para seus filhos.

Porém, é preciso saber que não basta um espaço vazio para que a criançada corra sem qualquer entretenimento, é preciso oferecer um espaço recreativo infantil com brinquedos e também monitoramento, se possível.

O que deve ter nesse espaço recreativo infantil?

É importante considerar as diferentes idades que frequentam o ambiente, por isso, brinquedos voltados para bebês podem ser interessantes, mas também é preciso focar em determinadas faixas etárias que passarão mais tempo no ambiente.

Crianças de 5 a 10 anos são mais independentes e frequentam a área de lazer com mais regularidade, sendo assim, é fundamental pensar em atividades, brinquedos e atrações para esse público.

Mas, calma! Não precisa ser nada muito elaborado, bastam alguns brinquedos que podem ser instalados em espaços internos, parecidos com aqueles disponíveis nos parques tradicionais.

Esses playgrounds internos costumam agradar a maioria das crianças, independentemente da idade e podem servir como espaço para brincadeiras em grupos e até individuais.

Confira algumas opções do que colocar para melhorar ainda mais esse espaço:

  • mesinhas com livros de colorir;
  • quebra-cabeças;
  • casinhas para brincar;
  • jogos de cozinha;
  • jogos com peças grandes;
  • mini quadra de futebol;
  • cama elástica; e
  • escorregador inflável.

O importante é não oferecer brinquedos que possuam peças muito pequenas e que podem ser engolidas pela garotada.

Outro fator importante são os tapetes de tatame, eles servem para proteger os pequenos durante as brincadeiras, diminuindo o risco de machucados, ralados e tombos, ocasionados por pisos irregulares ou ásperos.

Esses tapetes emborrachados devem ser antiderrapantes e macios para absorver melhor os impactos e também devem ser limpos com frequência para que não haja acúmulo de ácaros e umidade.

Dito isso, veja a dica seguinte, talvez uma das mais importantes para aqueles que desejam ter seus restaurantes na lista de preferência dos pais e responsáveis.

É preciso ter monitoramento infantil?

Sim. Para que haja maior segurança para as crianças e tranquilidade para os pais, contrate um monitor de recreação e aumente o controle do restaurante sob a entrada, permanência e saída dos pequenos da área de brinquedos.

É importante que o monitor seja alguém responsável, maior de idade e que saiba lidar com o público infantil, cuidando para que eles não saiam correndo pelo salão sem autorização.

Para maior controle, alguns lugares oferecem pulseiras como uma forma de fiscalizar as crianças que estão no espaço kids. O monitor deve permanecer sempre dentro do ambiente, cuidando para que os mais velhos não machuquem os mais novos ou para que não aconteçam outros tipos de acidentes.

É válido ressaltar que o restaurante que oferece espaço infantil e não possui monitores para cuidar das crianças pode estar sujeito a ações judiciais em casos de acidentes nessa área. Por isso, para segurança de todos - inclusive do estabelecimento - contrate alguém para supervisionar os pequenos clientes que frequentam o espaço.

Mas nem só de brinquedos vive a criançada, é preciso pensar em como montar um cardápio infantil, afinal, crianças também são clientes e, como tais, merecem opções pensadas em agradar o seu paladar. Veja como fazer isso de maneira prática e acessível.

Como montar um cardápio infantil?

A maioria dos restaurantes possui as mesmas opções do cardápio adulto em versões menores para a criançada, mas, se você deseja inovar, pode oferecer outras opções, criando um cardápio personalizado.

Em geral, os pequenos são verdadeiros fãs de hambúrgueres, batatas fritas, pizzas e frango empanado. Claro que essas versões também são oferecidas em porções pequenas, afinal, a maioria não come a mesma quantidade que um adulto.

As bebidas também podem ser oferecidas em menores quantidades. No caso do refrigerante, opte por oferecer as versões minis disponíveis no mercado, o mesmo vale para os sucos e garrafas de água.

Para facilitar e inspirar a criação do seu cardápio infantil, veja a tabela abaixo que preparamos.

Cardápio infantil: opções de pratos para crianças
Mini hot dog Panquecas Sorvetes e milkshakes
Massas com molho vermelho Mini hambúrguer Cupcakes coloridos
Filé de frango e fritas Almôndegas com macarrão Mini sanduíches

Tenha em mente que o paladar infantil é mais simples que o do adulto e que, quanto mais divertida for a apresentação do prato, maior será a alegria desses clientes especiais. Por último, saiba que o cardápio digital pode ser um ótimo amigo da criançada, afinal, eles conseguem decidir sozinhos o que vão pedir com base nas fotos disponíveis no tablet ou no menu por QR Code.

Além disso, eles conseguem fazer como os adultos e pedir sua comida sozinhos e com poucos cliques. Gostou das dicas? Agora você já sabe como fazer o seu restaurante ser amigo das crianças e virar o point favorito das famílias. Boa sorte com a criançada!

Transforme o seu cardápio em uma poderosa ferramenta de vendas

Ebook enviado com sucesso!

Agora você pode ler este ebook sempre que quiser. Agradecemos o interesse.

Deixe seu comentário

Conheça o oimenu

Saber mais