Deliway

Coronavírus: delivery "sem contato" como forma de prevenção

Veja como aplicar o delivery “sem contato” ao seu negócio e garantir a segurança de seus funcionários e clientes.

Delivery sem contato coronavírus

Não é nenhum segredo que a pandemia do novo Coronavírus está afetando a economia mundial e que, a nível Brasil, está causando prejuízos, principalmente, aos pequenos e médios negócios, certo?

Nesse cenário, é imprescindível pensar em medidas que garantam o menor dano possível ao estabelecimento. No setor alimentício, uma alternativa é aderir o delivery para continuar funcionando e evitar a disseminação do vírus.

No entanto, se o seu restaurante não costuma realizar esse tipo de prestação de serviço, é normal sentir-se inexperiente no assunto e buscar recomendações.

O ideal é buscar essas recomendações diretamente com as plataformas de delivery mais conhecidas no mercado, como o iFood, Uber Eats e o Deliway. Algumas delas, contudo, não estão funcionando em todas as cidades do Brasil e é interessante que você analise se as taxas cobradas estão dentro do seu orçamento. O Deliway, dos mais conhecidos, é o que apresenta a menor taxa.

Embora, no momento emergencial em que vivemos, mesmo os estabelecimentos que já trabalhavam com entregas, devem tomar medidas protetivas para tornar o processo ainda mais seguro.

É seguro fazer delivery para o seu negócio?

Há dois fatores a se considerar antes de realizar delivery no momento atual:

1.  se o seu negócio tem condições de suportar o formato.

2.  a segurança da produção e distribuição dos alimentos durante a crise do coronavírus.

Se o seu negócio, antes da pandemia do coronavírus, não realizava delivery e decidiu começar a prestar o serviço, é preciso - primeiramente - considerar os recursos materiais, financeiros e humanos que o seu negócio possui para disponibilizá-lo atualmente.

Depois disso, para realizar entregas seguras e poder continuar trabalhando mesmo em tal situação, é preciso munir-se de todos os cuidados para assegurar a segurança da prestação do serviço. Seguindo as recomendações de limpeza, higiene e segurança da ANVISA, por exemplo.

Agora, se o seu negócio trabalhava de forma prévia com essa forma de entrega, o trabalho será menor, sendo necessário apenas adaptar e redobrar os cuidados de segurança e proteção na produção e entrega dos produtos.

Então, se ponderados os pontos citados e os cuidados redobrados, é seguro realizar delivery para o seu negócio sim. Confira, portanto, quais são as prudências necessárias para frear a disseminação da doença Covid-19 e fazer entregas cuidadosas.

Como fazer delivery “sem contato” e prevenir o contágio do Coronavírus?

À exemplo de grandes empresas e aplicativos de food service, que tal prevenir o contágio do Coronavírus, protegendo seus clientes, entregadores e empresa, realizando o delivery “sem contato”?

É necessário que a conscientização das empresas esteja, acima de tudo, em sua responsabilidade social. Por isso, medidas - como a apresentada - tornam-se necessárias, certo?

Para implementar a medida ao seu negócio:

1.  Cuide do processo de preparação da sua entrega

Seguindo todas as recomendações propostas pela vigilância sanitária, atente-se à limpeza e higienização do seu restaurante, especialmente, da sua cozinha.

Garanta que os preparadores dos alimentos estejam em perfeita saúde e que o alimento depois de pronto, não seja aberto e tocado por ninguém além do cliente, ok?

2.  Envie uma mensagem aos seus clientes apresentando a proposta

Para manter o atendimento em meio à crise do Coronavírus, comunique aos seus clientes a opção da entrega “sem contato”, tranquilizando-os. Deixe bem claro que todos os cuidados estão sendo tomados no seu estabelecimento, desde o momento de produção até a chegada do produto em suas casas.

3.  Combine suas entregas por aplicativos de mensagem ou telefone

Para realmente proteger seus clientes e funcionários, todos os contatos devem ser feitos virtualmente ou por telefone, combinado? Combine pedido, forma de pagamento e como será realizada a entrega “sem contato”.

4.  Decida a nova forma de pagamento

Neste momento, se faz necessário evitar qualquer contato desnecessário com pessoas e objetos, inclusive, células de dinheiro. Por isso, ofereça outras opções aos seus clientes, como a realização de pagamento via transferência ou, ainda, caso utilize algum app de delivery, opções de cartão de crédito.

5.  Entregue aos seus entregadores utensílios de prevenção

Esse é o momento de começar a preparar os seus entregadores para o momento da entrega, por isso, distribua entre eles utensílios como álcool em gel 70% e máscaras.

Além disso, é necessário dar uma atenção especial aos carros e motocicletas compartilhadas, garantindo, da mesma forma, a esterilização de peças frequentemente tocadas.

6.  Oriente seus entregadores

É preciso que seus entregadores estejam cientes dos cuidados que precisarão tomar para garantir sua segurança, a de seus clientes, colegas e empresa como um todo. Pois, para que tudo funcione adequadamente, sem efeitos dominó, é necessário conscientização e procedimentos programados.

Oriente seus entregadores a utilizarem adequadamente os utensílios de proteção, instruindo-os, por exemplo, a passar o álcool em gel de modo eficiente em suas mãos antes e depois da entrega. Além de mencionar, é claro, todos os cuidados necessários para evitar o contágio do vírus.

7.  Proceda de maneira eficiente no momento do delivery

Para o momento da entrega “sem contato” funcionar, a comunicação entre restaurante, entregador e cliente deve ser clara. O transporte deve ser feito com cuidado e no tempo programado.

O entregador deverá deixar a encomenda na porta da casa, na portaria ou, ainda, tocar a campainha ou interfone do prédio para avisar o cliente da entrega - passando, logo em seguida, o álcool nas mãos.

O processo, se feito de maneira correta, é simples e seguro, no entanto, lembre-se sempre de estabelecer uma comunicação limpa e sem ruídos com todos, principalmente, clientes. Se possível, mantenha contato com o entregador e comuniquem-se a fim de avisar o cliente, via mensagem, que o delivery chegou.

Por fim, não esqueça de permanecer tranquilo e acalmar sua equipe e clientes, precisamos ter cuidado, mas, também, calma, já que a sensação de insegurança e medo turva nossas ações e prejudica o processo de segurança e proteção, certo? Mantenham-se atentos aos pequenos detalhes.

Transforme o seu cardápio em uma poderosa ferramenta de vendas

Ebook enviado com sucesso!

Agora você pode ler este ebook sempre que quiser. Agradecemos o interesse.

O que você achou do post?

1 Resposta

Deixe seu comentário