Como estão os restaurantes depois do Pesadelo na Cozinha

Mesmo com a ajuda do Chef Erick Jacquin, muitos dos restaurantes do novo reality acabaram fechando. Conheça, neste artigo, os restaurantes do Pesadelo na Cozinha que fecharam o que levou cada local a encerrar as atividades. De bônus, apresentamos alguns cases de sucesso, confira!

Compartilhe

Restaurantes pesadelo na cozinha

Muitos dos restaurantes que apareceram nas três primeiras temporadas de Pesadelo na Cozinha infelizmente fecharam as portas. A grande maioria não resistiu aos efeitos da pandemia Brasil afora, enquanto alguns empresários aproveitaram a fama depois do programa e expandiram seus negócios.

Dentre os restaurantes que fecharam estão o Sal e Pimenta, Trilha da Costela, El Maktub, Alquimia, Joka’s grill e Saia do Padre. O famoso Pé de Fava - que não desligava o freezer à noite - foi vendido, e os novos proprietários aproveitaram a fama e mantiveram o nome, mas repaginaram todo o estabelecimento.

Os empreendimentos que foram bem sucedidos e estão abrindo mais unidades são o Bawarchi - restaurante de cozinha indiana que tinha problemas graves com higiene antes da chegada do Chef Jacquin - e o Esporte Bar e Restaurante - que agora se chama Antigo Bar, e vai abrir a terceira unidade desde a participação no programa.

Se você é fã do novo reality do chef francês Erick Jacquin e se pergunta como estão os restaurantes depois do Pesadelo na Cozinha, este artigo é para você. Listamos os casos mais famosos, como eles estão hoje em dia, se fecharam ou não e também trouxemos uma curiosidade sobre outro restaurante participante ao fim deste post. Confira!

Como estão os restaurantes depois do Pesadelo na Cozinha

Bom, não é nenhuma novidade aos espectadores que os gestores dos restaurantes que se inscrevem no reality estão passando por dificuldades financeiras nos seus empreendimentos. Afinal, essa é a finalidade do programa: reestruturar negócios para evitar que venham à falência.

A má notícia é que, com a pandemia do novo coronavírus, muitos restaurantes do Pesadelo na Cozinha fecharam, mesmo com a reestruturação feita com o auxílio do Chef Jacquin. O lockdown e os preços altíssimos dos aluguéis fizeram com que muitos empreendedores perdessem o ponto do negócio na grande São Paulo.

A boa notícia é que alguns se reinventaram, estão atendendo delivery ou apostando em boas estratégias de marketing para reabrir e voltar a funcionar, e uma notícia melhor ainda é que alguns empreendimentos aproveitaram o sucesso e já estão até mesmo abrindo mais unidades!

Confira agora como estão os restaurantes depois do Pesadelo na Cozinha.

Quais restaurantes do Pesadelo na Cozinha fecharam

Se você veio parar aqui para saber qual restaurante do Pesadelo na Cozinha fechou, veio ao lugar certo. Nossa redação separou os restaurantes mais famosos do reality e o que aconteceu com eles depois da exibição no programa. Olha só!

Saia do Padre restaurante: por que fechou?

Restaurante saia do padre

O restaurante faliu pouco depois do programa ir ao ar. Itamar, um dos proprietários, já havia desistido do ponto, enquanto Elaine tentava manter o local aberto, quitar as dívidas e conseguir sobreviver do negócio para realizar o sonho de começar uma família.

A história foi tão conturbada que nem mesmo os fãs do episódio tiveram um desfecho. O restaurante praticamente sumiu das redes sociais, a página do local só existe no Foursquare e possui uma única observação entre parênteses: “Fechado”.

Inclusive, ao pesquisar sobre o estabelecimento no Google, as perguntas sobre o restaurante são para saber se a Elaine realizou o sonho de ter o filho.

Ficou na cara durante o episódio que não houve esforço por parte do Itamar, não é mesmo?

Sal e Pimenta

Restaurante sal e pimenta

Infelizmente, o restaurante Sal e Pimenta fechou pouco após a exibição do seu episódio.

Entretanto, um dos participantes, Vinicius Gonzalis, de 29 anos, hoje é estagiário voluntário de um dos restaurantes com assinatura do Chef Jacquin, o Tartar & Co.

O funcionário ficou conhecido por protagonizar a cena polêmica em que acusa Jacquin de tentar reerguer negócios mesmo depois de ter falido com um de seus restaurantes.

Trilha da Costela

Restaurante trilha da costela

O famoso restaurante que vendia carne de peixinho e tatuzinho da paleta como filé mignon também fechou suas portas. Mesmo depois de 17 anos em funcionamento, uma reforma no local e a consultoria do Chef Jacquin, os administradores não conseguiram manter o local aberto.

El Maktub

El maktub

Lembra do restaurante que oferecia preservativos na entrada? O exótico El Maktub também encerrou as atividades presenciais. No entanto, os pratos do menu continuam disponíveis por delivery!

No local onde era o restaurante, a família, que já é dona de outros negócios no ramo, abriu o Boteco 647, que ainda serve alguns pratos do El Maktub, mas foi reformulado e redecorado.

Pé de Fava

Restaurante pé de fava

O caso polêmico do restaurante onde os gestores desligavam o freezer à noite conseguiu ser ainda mais chamativo depois da participação no programa. Depois da exibição do episódio, Marcos, o proprietário, anunciou o restaurante na OLX pelo valor de R$ 150 mil.

Os novos donos do Pé de Fava mantiveram o nome por uma questão de marketing, mas reformularam todo o local, bem como o cardápio. O novo local foi redecorado e agora tem um ambiente bem mais moderno e sofisticado.

Ou seja, o Pé de Fava do Pesadelo na Cozinha já não existe mais.

Alquimia

Restaurante alquimia

O restaurante simpático da Carmen e do Stefane, infelizmente, fechou durante a pandemia. Os empreendedores tentaram manter o estabelecimento por delivery, mas acharam arriscado para os funcionários.

O casal ainda sonha em reabrir o Alquimia e estão procurando uma localidade pelos arredores da Grande São Paulo para abrir um novo empreendimento: um restaurante com pousada!

Joka’s Grill

Restaurante jokas grill

O restaurante de comida caseira não suportou a crise financeira trazida pela pandemia e pelo lockdown. Os proprietários, João e Linda, se juntaram à filha, construíram uma cozinha industrial nos fundos da casa dela e hoje trabalham com delivery de marmitas fitness na região de Granja Viana (SP).

Cases de sucesso: restaurantes que estão indo bem depois do Pesadelo na Cozinha

Sim, muitos restaurantes fecharam depois do programa, mas boa parte foi por conta da crise causada pela pandemia. Afinal, todos os participantes do programa admitiram um aumento significativo do ticket médio após a consultoria do Chef Jacquin.

Apesar disso tudo, alguns restaurantes se deram muito bem depois do programa, como é o caso destes três cases de sucesso que apresentaremos agora.

Hero’s burger

Restaurante hero's burguer

Uma das histórias mais inspiradoras é a do Hero’s burger. O local fechou as portas durante o lockdown em São Paulo devido à pandemia do novo coronavírus. No entanto, a gestora, Sibele Soglia, enfrentou bem o período difícil.

A solução encontrada para manter o local durante o período de lockdown foi criar um financiamento coletivo online por meio do site Vakinha. Por lá, clientes e amigos ajudaram a angariar o valor para pagar equipe e aluguel enquanto o local estava fechado.

A gestora também lançou uma campanha de vendas de gift cards no site do restaurante, em que os cartões eram vendidos por R$ 80 e garantiam um bônus de R$ 20 extras para o cliente consumir quando a loja reabrisse.

Hoje, o local já está funcionando novamente, e conta com eventos e desfiles de cosplayers. Ufa!

Esportes Bar e Restaurante

Esporte bar e restaurante

O icônico restaurante com tema esportivo não só ganhou uma repaginação com a consultoria do Chef Jacquin, como também foi redesenhado pelos gestores, que mudaram o nome do local para Antigo Bar e Restaurante.

O restaurante foi ampliado depois do sucesso no programa e a matriz hoje suporta até 100 consumidores no local por vez.

Além disso, JC e a mãe, Dona Rita, já estão abrindo a segunda unidade do Antigo Bar e possuem uma terceira franquia em construção. Sucesso!

Bawarchi

Restaurante bawarchi

O restaurante indiano que ficou famoso pela falta de higiene deu a volta por cima. Depois da exibição e de superar o Pesadelo na Cozinha, Ajay, o proprietário, conta que o movimento aumentou consideravelmente e conta que agora pode levar a culinária indiana para mais pessoas conhecerem.

O local ainda oferece alguns tours pela cozinha para clientes que queiram conferir se o ambiente continua realmente limpo. O proprietário ainda contratou mais duas pessoas que se dedicam inteiramente à limpeza do local.

O Bawarchi já conta com uma segunda unidade do restaurante, agora no bairro Jardins, em São Paulo. A matriz, na Vila Mariana, continua funcionando também.

O que aconteceu com o Ça Va restaurante?

Ça va restaurante

Um dos participantes mais inesquecíveis da terceira temporada do Pesadelo na Cozinha foi o Seu Antônio, do Ça Va Restaurante. O local era inspirado na culinária francesa, embora o Chef Jacquin tenha achado que não havia algo de muito francês no local além da inspiração.

Infelizmente, o Seu Antônio faleceu vítima da Covid-19 aos 70 anos de idade. Os filhos dele procuraram o Chef para uma proposta, pois o restaurante seria vendido, já que os herdeiros não tinham interesse em tocar o negócio.

Jacquin acabou comprando o empreendimento e reformou o local, mas manteve o mesmo nome e características do ambiente para homenagear o Seu Antônio.

O Chef lamenta pelo fato de o antigo proprietário não ter visto a sua participação no programa ir ao ar e não poder presenciar o restaurante como está hoje, depois de reformulado, mas o sonho de Seu Antônio continua vivo no fim das contas!

Transforme o seu cardápio em uma poderosa ferramenta de vendas

Ebook enviado com sucesso!

Agora você pode ler este ebook sempre que quiser. Agradecemos o interesse.

Deixe seu comentário

Conheça o OiMenu

Saber mais