Restaurante fitness: como montar o seu

Desde a hora de pensar em nome e logotipo para o seu restaurante fitness até a montagem do cardápio: confira tudo o que você precisa saber para montar o seu empreendimento com sucesso!

Compartilhe

Restaurante fitness

Falar sobre restaurante fitness é pensar em uma combinação deliciosa de sabor e saúde. Mas, antes de qualquer coisa, saiba que se você deseja realmente empreender em algo ligado à alimentação saudável, precisa de fato acreditar nesse hábito - e gostar dele.

Para abrir um restaurante de comida fitness, você vai precisar:

  • ampliar o conhecimento sobre informações nutricionais de cada alimento e sobre cada produto que deseja comercializar;
  • contar com a ajuda de especialistas que entendam de alimentação saudável e tenham propriedade para trabalhar com isso;
  • entender quais as necessidades e os interesses do cliente que busca por esse tipo de alimentação. Pode ser que ele não goste de ir à academia, mas viva de dieta ou vice-versa;
  • monitorar constantemente o mercado e a concorrência; e
  • estar sempre atualizado, fazendo novos testes e experiências no cardápio e no serviço.

Você também vai precisar de paciência e disposição para colocar tudo no papel antes de ver o empreendimento se tornar realidade. Um plano de negócios para restaurante pode ajudar muito nessa etapa e você não deve começar antes de contar com esse recurso!

Como montar um restaurante fitness?

O primeiro passo para montar um restaurante é saber quanto de dinheiro está disponível para ser investido no novo negócio.

Conhecendo o montante, você deverá definir: para onde vai esse dinheiro e o que o restaurante precisa ter, obrigatoriamente, antes de abrir.

Em contrapartida, terá a oportunidade de descobrir quais outras aquisições e melhorias poderão ser feitas no decorrer do cotidiano da empresa.

Depois dos cálculos, levante informações sobre todos os alvarás, certificados e licenças necessários para o seu restaurante operar dentro da lei. Obtenha-os antes mesmo de dar o pontapé inicial e preserve o seu bolso (por causa das multas!) e a imagem do lugar.

A partir daí:

  1. Faça uma pesquisa de ponto e escolha um local estratégico para abrir o seu empreendimento. Entenda, como local estratégico, aqueles espaços perto de salões de beleza, academias ou parques, por exemplo. Bônus para aqueles bairros com movimento, principalmente de pedestres.
  2. Pense no projeto de reforma ou construção do espaço. Selecione as cores para o restaurante e os móveis pensando em transmitir saudabilidade.
  3. Contrate e capacite uma equipe diversificada que será responsável pela cozinha e pelo atendimento. Assim como você, os funcionários precisam gostar do que está sendo proposto pelo empreendimento.
  4. Defina o cardápio. Busque algo completo e variado, com opções veganas e vegetarianas, pratos salgados, sobremesas e bebidas, entre outras coisas.
  5. Defina dias e horários de funcionamento pensando nos arredores do restaurante e nos hábitos do seu público-alvo.

Agora sim, mãos à obra!

Dica: tente encontrar parceiros que estejam interessados em divulgar o seu negócio em troca de algum benefício ou só pela “amizade”. A própria academia ou loja do lado do novo negócio podem ser boas opções.

Experiência dos clientes

Quer uma experiência cada vez melhor para os seus clientes? Pesquise e conheça as opções de sistemas de gerenciamento de empreendimentos gastronômicos e opções de menus digitais. Isso vai ajudar também a ter mais facilidade nos processos e menos burocracia ao fechar contas no fim do mês.

Criar um cardápio por QR Code pode representar grande diferencial para os seus negócios e atrair pessoas! Aliás, vamos falar um pouco mais sobre cardápio de restaurante fitness?

Desenvolvendo o seu cardápio de comida fitness

Como em todos os restaurantes, um menu precisa ter o nome do prato e a sua descrição bastante completa. Ou seja: informe tudo o que é servido em cada um dos pratos. 

Os nomes devem ser criativos, mas de fácil compreensão. As descrições devem conter características e diferenciais, além de observações para quem tiver intolerâncias alimentares ou seguir dieta vegana ou vegetariana.

Veja algumas dicas que podem melhorar ainda mais o menu do seu negócio:

Tudo o que foi mencionado acima vale para menus físicos e digitais. Este último, ainda, está cada vez mais em alta e tudo indica que essa tendência veio para ficar!

Experimente investir em um cardápio personalizado online para o seu restaurante fitness! De quebra, com essa tecnologia, você ajuda o meio ambiente, reduz suas despesas com atendimento, elimina os custos de atualização do menu e pode aumentar o ticket médio do seu restaurante em até 40%. 

Agora que o seu cardápio está em boas mãos, chegou a hora de dar identidade ao seu empreendimento. Vamos lá?

Ideias de nomes para restaurante fitness

Pense em algo que faria os clientes pararem para conhecer seu estabelecimento. Nomes para negócios no ramo gastronômico costumam, de alguma forma, deixar claro que o empreendimento serve comida, apesar de isso não ser uma regra.

Os nomes para restaurantes fitness quase sempre remetem à saúde e podem conter palavras derivadas desse fator e/ou ter relação com:

  • Natureza
  • Flores e frutas
  • Meio ambiente
  • Cuidados com o corpo e com a mente.

A seleção do nome é livre! Em todo caso, quanto mais criteriosa, atenta ao público-alvo e à proposta do estabelecimento for a sua proposta, melhor. Você pode gostar de saber:

  • Não tem problema dar um nome em outro idioma para um negócio. Desde que as palavras usadas sejam facilmente compreendidas pelos frequentadores.
  • Adjetivos e substantivos com conotação positiva podem ser outra boa ideia para composição do nome.
  • Se o seu público e sua forma de atender forem mais divertidos e descontraídos, pode ser legal tentar algum tipo de “brincadeira” na escolha.

Faça uma lista com alguns nomes e pesquise por eles antes de definir o escolhido. Assim, você evita problemas legais com registros de marca ou até mesmo com a abertura de sites e perfis nas redes sociais.

Pense no logo do seu restaurante fitness

O logo do restaurante fitness é sua principal assinatura. Por isso, vale pensar tanto sobre ele quanto sobre todos os outros pontos mencionados anteriormente. 

Assim como um nome, um logotipo de empresa - suas cores, formas e tipografia - deve estar de alguma forma relacionado à sua proposta.

Cores como o vermelho, amarelo e laranja são comuns em logos de negócios desse tipo. Elas têm relação com desejo e estímulo e podem ser usadas junto com cores “saudáveis”, como o verde em tons mais claros e o branco.

Para escolher a tipografia, pense em algo que permita uma leitura mais fácil. Como o seu restaurante será fitness, pense também em proporcionar uma sensação de leveza e equilíbrio.

Ligue os pontos e se torne um destaque na área

O logotipo,  nome,  espaço físico do restaurante e as louças e embalagens têm tudo a ver e devem ser planejados em harmonia, assim como o menu, seja ele físico ou cardápio virtual

A ordem na qual você vai planejar e escolher cada uma dessas coisas fica a seu critério, mas não deixe de relacioná-las da melhor maneira possível.

Boa sorte e muito sucesso!

Transforme o seu cardápio em uma poderosa ferramenta de vendas

Ebook enviado com sucesso!

Agora você pode ler este ebook sempre que quiser. Agradecemos o interesse.

Deixe seu comentário

Conheça o OiMenu

Saber mais