Deliway

Entenda o que é um bistrô, como montar um cardápio e o que servir

Conheça todas as características de um bistrô e qual a diferença entre esse tipo de estabelecimento e um restaurante tradicional.

O que é bistrô

Se você está se perguntando qual a diferença entre um bistrô e um restaurante, a resposta é simples: o bistrô costuma ser um estabelecimento menor e mais aconchegante.

Normalmente é um negócio familiar, gerenciado pela família, mas não necessariamente, e que atua de forma bem próxima dos clientes, conhecendo seus gostos e oferecendo uma comida caseira, porém diferenciada.

Podemos dizer que o bistrô fica entre um restaurante com pratos de alta gastronomia e uma brasserie - negócio gastronômico que serve como ponto de encontro e oferece bebidas e refeições completas durante todo o dia, ao contrário de restaurantes e bistrôs, que servem esse tipo de refeição apenas no almoço e na janta.

O bistrô também se destaca pelo custo-benefício, já que o consumidor não pagará pelo conforto e pratos mais aprimorados de um restaurante, mas também não terá os pratos mais básicos da brasserie. Pode ser muito bem servido, sem pagar muito por isso.

O que é um bistrô

Estima-se que desde 1815, aproximadamente, os bistrôs vêm conquistando muita gente. Esse público gosta de três características principais que definem o estilo gastronômico desse tipo de negócio, que são o ambiente aconchegante, a comida simples e de boa qualidade.

Por ser geralmente num espaço pequeno, o chef costuma ter uma presença forte não só na cozinha e com o restante da equipe, como também com os próprios clientes.

Uma curiosidade muito interessante sobre os bistrôs é que eles surgiram pelas mãos de mulheres que decidiram montar pequenos restaurantes nas suas próprias casas, para complementar a renda da família, já que os homens partiam para guerras naquela época, deixando-as sozinhas.

Foi daí que surgiu o termo bistrô, na França, referindo-se ao formato de negócio dessas mulheres.

Também existe uma segunda versão sobre a origem do termo, porque na língua russa existe a palavra "bystro".

Segundo alguns historiadores, o termo teria começado a fazer parte do cotidiano dos franceses na Segunda Guerra Mundial, especialmente em Paris, porque os soldados gritavam nos restaurantes pedindo "bystro, bystro", que em russo significa "rápido, rápido".

Se foi mesmo isso não sabemos, mas o fato é que até hoje a França é rodeada de bistrôs, com seus espaços pequenos, porém aconchegantes, com comida simples, mas muito apreciada.

Portanto, se você busca maior interatividade com os clientes, em um ambiente que poderia ser a sua própria casa, esse negócio é uma ótima ideia, com um toque artesanal e pessoal, levando em consideração os detalhes para agradar o cliente, desde o som ambiente até o tempero da comida.

O que é servido em um bistrô

Agora que já entendemos um pouquinho sobre a origem da palavra e o que caracteriza um bistrô, podemos definir que esse é um tipo de estabelecimento com alma, com raízes tradicionais e da região onde se encontra, com aromas, música e vida.

Os alimentos de um lugar assim não poderiam ser diferentes: eles também precisam ter alma, o que na gastronomia traduzimos através dos temperos. Os pratos costumam ser muito simples, com preparos clássicos, sem equipamentos complexos, mas precisam ser saborosos.

Existem algumas opções que agradam a maioria dos gostos e que podem estar no cardápio de quem quer abrir um bistrô.

Conforme os negócios forem evoluindo, os pratos podem ser aprimorados acompanhando o público-alvo e, apesar de ser um ambiente mais tradicional, nada impede de trazer pratos modernos também. Confira algumas dicas a seguir.

Como montar um cardápio de bistrô

Comida caseira é a palavra de ordem. Além de selecionar refeições completas para almoço e jantar no seu cardápio, você pode pensar em cafés e sobremesas para servir à tarde.

Pesquise os concorrentes para já entender o gosto local e lembre-se: você não precisa oferecer, de forma obrigatória, pratos como nos bistrôs franceses só por causa da origem do estilo de gastronomia.

Você pode - e deve - oferecer receitas sazonais feitas com ingredientes da sua região, mas com o seu toque especial, pois, como comentamos, bistrôs costumam trazer alguma essência da família, como aquela receita de vó. É isso que vai deixar você no mesmo patamar de um bistrô francês, mas com a sua cara, made in Brazil.

Então, o que posso incluir no cardápio?

Refeições - almoço e jantar Sobremesas Bebidas
Panquecas, crepes, tipos de macarrão com molhos variados, fondue, risotos, carnes com molho de especiarias, peixes grelhados ou à milanesa, lasanhas. Croissant, petit gâteau, tortas diversas, cheesecake, pudins, mil folhas, brownies, sorvetes, profiteroles, macarons, salada de frutas com frutas da estação, churros com ganache, mousse de chocolate. Cafés tradicionais e elaborados, tipos variados de vinhos e espumantes, chás gelados, sucos diversos, coquetéis com e sem álcool, soda italiana, licores, refrigerantes, cervejas nacionais e importadas.

Outro fator muito importante, depois de definir os pratos e bebidas do seu cardápio, é pensar na apresentação dele. Afinal, a primeira impressão sempre é a que fica e nada melhor do que apresentar o que você tem de melhor em um menu atraente e cativante.

O material utilizado não pode ser qualquer um, já que um bistrô quer ser próximo e aconchegante para os clientes, não é? O tipo de folha, acabamento e visual contam muitos pontos. Como as informações aparecem, o quão sedutoras as fotos estão, tudo isso precisa ser pensado de forma carinhosa.

Inclusive, como um menu fixo é uma lenda para qualquer tipo de restaurante, porque você vai trazer novos pratos, eliminar outros e obviamente alterar preços ao longo do tempo, investir em um modelo de cardápio digital pode ser uma ótima alternativa para agregar modernidade à sua apresentação e ainda facilitar o atendimento e a atualização do menu.

Inclusive, um bistrô é um bom negócio para quem já está no ramo gastronômico também. Você sabia que existe um movimento chamado Bistronomia? Isso mesmo: chefs de restaurantes bem conceituados que resolveram abrir seus próprios bistrôs.

Uma boa dica para quem quer expandir os negócios entregando boa gastronomia de forma simples e com um preço acessível.

Transforme o seu cardápio em uma poderosa ferramenta de vendas

Ebook enviado com sucesso!

Agora você pode ler este ebook sempre que quiser. Agradecemos o interesse.

O que você achou do post?

1 Resposta

Deixe seu comentário
Demostração de cardápio digital