5 dicas para montar a iluminação ideal para bares e restaurantes

Transforme a experiência do seu cliente com essas dicas e truques para obter a iluminação ideal para seu restaurante.

Quando se está projetando um restaurante, os empreendedores devem equilibrar o desejo por um espaço dinâmico e único com a necessidade de um espaço funcional que é bom para o negócio. Isso significa pensar em absolutamente todos os detalhes, desde cores até a iluminação ideal para restaurantes.

Esse é um elemento normalmente negligenciado no design de restaurantes, porém o poder que a iluminação correta tem pode ajudar a moldar o visual desejado para o seu estabelecimento. Na verdade, a iluminação para bares e restaurantes é tão importante que 91% dos clientes dizem que a ambientação tem um papel fundamental na hora de escolher um restaurante para ir comer fora de casa.

Para garantir uma ótima experiência para os clientes, mas também ter um ambiente profissional e bem estruturado, aqui estão 5 dicas e truques de iluminação para restaurantes que irão ajudar você a criar algo incrível!

1. O que importa é o contraste, não o brilho

iluminação para restaurantes

O segredo para uma boa iluminação de restaurante não é deixar o local o mais claro possível, mas sim criar um equilíbrio entre a quantidade certa de luz em uma área com superfícies e cores de maneira que evite reflexos e cansaço visual.

Quando nossas pupilas são forçadas a se ajustar à luz e reflexos cada vez que nossos olhos se movem de uma superfície para outra, o resultado desse esforço em excesso é desconforto visual e dores de cabeça.

Em um restaurante, a quantidade certa de luz para coisas como ler um cardápio ou apreciar a aparência de um prato é:

  • Não mais do que três vezes mais claro que as superfícies ao redor
  • Não mais do que dez vezes tão claro quanto paredes e chão dentro do campo de visão

Quando um salão é iluminado uniformemente, o problema das vistas cansadas é evitado naturalmente. Infelizmente, a maioria dos restaurantes de fast food e lancherias não tem tanta preocupação a esse respeito, porém bares e restaurantes mais sofisticados são uma história completamente diferente. Eles têm a preocupação de proporcionar a melhor experiência para os clientes.

Apesar disso, muitos estabelecimentos cometem o erro de usar uma única luz tênue sobre a mesa para iluminar apenas a área de jantar do cliente, mas a superfície que a luz deveria iluminar é completamente preta. Já que a pequena quantidade de luz está sendo contrastada com uma proximidade de superfícies escuras, irá parecer muito claro aos olhos do cliente. Como resultado, torna-se desconfortável para o cliente trocar o olhar para o ambiente e de volta para a mesa visto que os olhos não conseguem se ajustar com facilidade.

Isso acontece com mais frequência do que você pode imaginar. Além disso, se os seus clientes se sentem desconfortáveis quando estão no seu restaurante, eles provavelmente não irão voltar uma segunda vez. Então é importante encontrar soluções, tais como iluminar levemente outras áreas, pintar as superfícies com cores mais claras para refletir mais luz e mantendo proteção da luz do sol apropriada para prevenir a claridade do dia de iluminar as áreas erradas.

2. Tenha cuidado com lâmpadas LED

As lâmpadas de LED chegaram para ser uma fonte de luz acessível e econômica, elas inclusive devem substituir 60% da iluminação do mundo até 2020. Investir em luzes de LED é uma decisão inteligente de negócio: elas se pagam com a quantidade de energia que economizam. Porém, você precisa considerar bem as vantagens e desvantagens.

Primeiro, a iluminação LED é uma escolha melhor do que as lâmpadas incandescente e fluorescente padrões em quase todas as situações, a menos que você não esteja disposto a arcar com o custo de substituir a iluminação atual do seu restaurante pela alternativa do LED. Essa adesão convencional da iluminação LED, contudo, trouxe diversas considerações novas e importantes para iluminação de restaurantes.

Contudo, a tecnologia LED está constantemente sob desenvolvimento e rápidas mudanças. Você já viu uma loja de conserto para produtos LED? Não é muito provável. Visto que a tecnologia e os produtos LED mudam com tanta frequência, o custo de trabalhar com a reparação deste tipo iluminação é alto (uma perda de tempo, digamos). Então, por não haver serviços de reparação, você precisa considerar o que irá acontecer se e quando uma luminária LED falhar e como isso afetaria o seu negócio.

Enquanto que as instalações LED supostamente duram mais tempo, pergunte-se:

  • Qual o plano se uma instalação falhar?
  • Será possível conseguir uma luminária para substituir prontamente caso hajam falhas ou será necessário substituí-la por um estilo diferente?
  • Tenho capacidade financeira para trocar toda a minha iluminação LED para manter uma decoração uniforme no meu restaurante?

Além disso, quando você instalar uma nova lâmpada daqui a 5 anos, esta será provavelmente muito mais brilhante do que as lâmpadas ao redor dela, tendo até uma temperatura diferente ou uma reprodução de cores diferente. Isso pode ser uma grande desvantagem se você não tiver feito um bom planejamento.

Mas então como você pode lidar com essas mudanças futuras na tecnologia de iluminação LED?

Compre MUITAS lâmpadas extras agora para, pelo menos, as cores e clareza inicial sejam consistentes quando uma lâmpada for substituída. A outra opção é ficar com lâmpadas incandescentes e pagar um pouco mais na conta de energia mensalmente. No final, você que decide qual a melhor iluminação para restaurantes que você quer utilizar!

3. Decoração pode afetar a iluminação para melhor ou pior

iluminação ideal para restaurantes

Luminárias não são a única fonte de luz do seu restaurante, também há a luz refletida e a luz dispersa que pode ser manipulada para fornecer uma iluminação aconchegante para o seu restaurante. Escolher tintas de clores claras, decoração e detalhes para as superfícies como balcões, mesas, bares, pisos e paredes pode ajudar a refletir luz dentro do restaurante e fazer com que o ambiente se torne mais calmo, acolhedor e agradável para os clientes.

A sua louça, toalhas de mesa, jogos americanos e piso também são superfícies onde a luz é refletida, dispersa ou absorvida. Uma superfície de cor clara se torna em uma fonte de luz, enquanto que uma superfície de cor escura irá tornar essa mesma superfície em uma fonte de luz “desligada”.

Cuidado:

O uso de madeiras escuras, papel escuro para o cardápio, decoração de parede escura e móveis escuros como destaques podem absorver a luz e acabar com a iluminação balanceada do seu restaurante. Em um espaço escuro, a maneira adequada de iluminar o local para evitar cansar os olhos dos clientes é providenciar menos luz e mais superfícies que dispersam essa luz; iluminação indireta torna-se uma necessidade para evitar uma luz ofuscante em um espaço escuro.

Também é importante incluir superfícies não-brilhante em seu restaurante se você está focando em aproveitar o poder da luz refletida. O vidro por cima de uma pintura, tinta brilhosa, móveis de metal brilhoso e decorações cromadas podem criar um brilho irritante que reflete muita luz diretamente nos olhos das pessoas. Considere acabamentos em satin ou mate para materiais que terão a luz brilhando diretamente em cima deles.

4. Considere um circuito elétrico duplo

iluminação para bares

A habilidade de ajustar a iluminação do restaurante ao redor do salão por capricho é atraente para donos de restaurantes, e é por isso que muitos restaurantes investem em um circuito padrão de iluminação. Circuitos padrões e circuitos duplos aparentam ser exatamente o mesmo, mas são instalados de maneira diferente.

Apesar de serem um pouco mais caros que o sistema circuito padrão de iluminação, o circuito duplo compensa a diferença em benefícios adicionais. Por exemplo, ele fornece aos restaurantes uma segunda carga elétrica que pode ser controlada com interruptores separados e fornece ainda mais versatilidade de iluminação do que seria possível com um circuito padrão. Circuitos elétricos duplos permitem aos restaurantes criar um clima e usar um tipo de iluminação durante o dia e outro durante a noite.

Se você quer ter uma maior versatilidade e adaptabilidade de iluminação para o seu espaço, instalar o circuito duplo é um investimento com benefícios consideráveis.

5. Controle a luz dispersa

Em qualquer espaço, há fontes de luz inevitáveis que podem desfazer todo o tempo e esforço que você colocou em criar a iluminação perfeita para o ambiente. Poluição visual pode vir de fontes como janelas sem proteção em dias de sol, iluminação da cozinha, corredores, luzes ambientes do lado de fora e a luz de leitura em um carrinho de garçom.

Como é possível evitar que a poluição visual afete negativamente a iluminação para bares e restaurantes? Aqui estão algumas sugestões:

  • Persianas
  • Escolha uma tinta moderada e fosca para as paredes da cozinha
  • Reposicione as luzes do lado de fora do prédio
  • Ajuste as tampas de luz em luminárias na parede, luzes aéreas e outras luzes no seu restaurante para que a lâmpada não seja visível
  • Troque ou cubra lâmpadas que você pode ver diretamente ou em um reflexo

Observe o seu espaço frequentemente para ver quais áreas estão sendo afetadas por uma iluminação imprópria. A luz dispersa pode vir de várias fontes não planejadas. Qualquer passo dado em vista de minimizar esse fator pode aumentar o conforto do seu restaurante.

Concluindo

Há muitas escolhas de iluminação para restaurantes que você pode fazer. Esperamos que essas cinco dicas e truques possam ajudar a planejar um espaço confortável para seus clientes de maneira que eles se sintam compelidos a voltar mais vezes ao local! Da mesma maneira, esperamos que você aproveite as dicas para inovar e tornar o seu restaurante mais moderno e agradável!

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário