Como aumentar a produtividade diminuindo o número de garçons e freelancers

Use soluções e atitudes corretas para aumentar a produtividade do seu restaurante.

aumentar produtividade restaurante

Pode parecer estranho dizer que você pode aumentar a produtividade do seu restaurante diminuindo o número de funcionários, mas com as soluções e atitudes corretas é perfeitamente possível!

Na verdade, uma equipe menor que trabalha em harmonia é muito mais produtiva e fácil de gerenciar que uma equipe maior.

Reduza a rotatividade

Muitas vezes, principalmente no começo, não é possível evitar a rotatividade. Alguns funcionários saem, outros ficam, faz parte do processo.

Mas a sua meta a longo prazo deve ser SEMPRE a de criar uma equipe econômica e leal.

Logo, contrate com sabedoria. Busque profissionais que realmente mostram empenho e qualificação, e conquiste-os para sua empresa — faça com que eles queiram ficar.

Um dos maiores erros de donos de restaurantes é tratar todos os cargos como “temporários.” Garçons e motoboys, por exemplo, são cargos onde alta rotatividade é comum, pois os próprios funcionários que se encontram nessas posições geralmente já estão buscando outro emprego.

O problema é que se você tratar seus funcionários como se fossem dispensáveis ou facilmente substituíveis eles obviamente irão buscar um emprego melhor.

Para manter sua equipe, ofereça benefícios! Carteira assinada, uma jornada de trabalho, treinamento, vale alimentação… mostre aos seus funcionários que você quer que eles fiquem. No caso de motoboys — que é sempre um cargo perigoso — informe-os de como proceder em caso de tentativa de assalto, e ofereça um plano de seguro de vida e cobertura em caso de acidente.

— Mas isso não custará mais caro? — você pergunta.

Sim, mas o que é melhor: ter um funcionário fixo em quem você pode confiar, ou trocar de funcionário a cada dois meses e ter que constantemente gastar tempo com burocracia, ensinando etiquetas, e provavelmente passando trabalho ao contratar pessoas não-qualificadas porque você precisa de alguém naquela função?

Valorize sua equipe

Mesmo com uma equipe menor é importante fazer o possível para manter seu pessoal motivado e empolgado para trabalhar.

Para isso, alinhe metas razoáveis para todos, se esforce para manter a harmonia em qualquer situação, e recompense-os por fazer seu trabalho corretamente. Muitas vezes, apenas um elogio pontual já eleva a moral e faz com que o funcionário sinta-se feliz por estar exercendo sua função.

Também vale organizar uma mini-festinha de aniversário quando a ocasião surgir. Por mais simples que seja, é um ato que sempre gera gratidão!

Invista em tecnologia

É incrível o quanto a tecnologia pode fazer pela produtividade no seu restaurante. De fato é tão incrível que somos obrigados a fazer uma lista de tudo que você pode usar, pois é muita coisa!

Começando por…

Autoatendimento

Soluções de autoatendimento são o futuro. Veja dessa maneira: com um sistema de autoatendimento você reduz o tempo de atendimento e o pedido chega na cozinha e bar rapidamente e sem erros — por mais personalizado que seja.

Os sistemas mais comuns são totens ou cardápio digitais, e esse último por acaso é a nossa especialidade.

Cardápio digital

cardápio digital restaurante

A proposta do cardápio digital é de simplificar o processo do pedido tanto para o cliente quanto para o restaurante. O cliente pede direto da mesa sem pegar fila ou esperar por garçom, agilizando o processo sem tomar tempo de nenhum funcionário.

O garçom só vai se ocupar quando o pedido estiver saindo da cozinha ou bar, logo, a equipe de garçons pode circular com calma atendendo somente aos pedidos que forem realmente feitos.

Chama-garçom

O chama-garçom é um sistema simples que faz exatamente o que o nome promete. Existem variações, mas basicamente, trata-se de um botão que fica na mesa que o cliente pressiona quando necessita de um garçom. Os garçons ficam de olho em um painel que mostra o número da mesa que apertou o botão e se dirigem a esta.

Alguns chama-garçom também usam relógios de pulso — neste caso, quando o botão é acionado, o garçom recebe uma notificação no pulso e não precisa prestar atenção ao painel.

É um sistema eficiente para locais de movimento intenso como rodízios. Mas caso você tenha um sistema de autoatendimento (como um cardápio digital) o chama-garçom não é necessário.

Comanda eletrônica

Comandas de papel são facilmente perdidas, danificadas, ou rasuradas. A comanda eletrônica resolve esse problema sendo mais resistente e confiável, evitando que erros e confusões prejudiquem a experiência do cliente ou o seu fluxo de pedidos.

Vale notar que no caso do totem a comanda eletrônica não é necessária pois o cliente paga o pedido na mesma hora.

Por outro lado, cardápios digitais já incluem um sistema de comanda eletrônica. Assim, cada cliente pode registrar na comanda somente o que pedir e na hora de pagar não há confusão alguma. Veja como funciona aqui!

Sistema de gestão

Um sistema de gestão faz boa parte do trabalho pesado para você. É aqui que você vai registrar clientes, receitas, fornecedores, funcionários, e fluxo de caixa. Com esses dados, você pode gerar relatórios precisos para planejar com segurança, porém o mais importante, você terá TODAS as informações essenciais do seu negócio no mesmo lugar.

Um sistema de gestão também melhora a produtividade geral porque você estará gastando menos tempo na parte administrativa e burocrática — a maioria dos sistemas salva folhas escaneadas, logo, você pode guardar notas e outros documentos com segurança sem medo de perder papéis, e a melhor parte, sem medo de desorganização.

aumentar a produtividade restaurante

Mantenha o ambiente limpo e organizado

É uma regra geral que vale para qualquer equipe, mas é clichê porque funciona. Treine sua equipe sobre onde guardar e como limpar equipamentos e utensílios para que sempre estejam no seu devido lugar.

Da mesma forma, mantenha o ambiente limpo — limpeza inspira organização e vice-versa.

Desenvolva procedimentos para resolver problemas

Problemas sempre ocorrem no dia-a-dia em vários níveis de gravidade — um cliente está reclamando do pedido, um funcionário ficou doente e não pode trabalhar, faltou estoque de ingredientes principais… muita coisa pode acontecer.

A melhor maneira é estar preparado para quando eles acontecerem, e claro, preparar a sua equipe para o mesmo.

No começo você pode prever os principais problemas que podem ocorrer e educar sua equipe em como proceder. Sabendo o que fazer, eles ficarão calmos quando a situação se apresentar, e consequentemente, evitarão estressar a si mesmos e o cliente no processo.

Quando novos problemas surgirem, tome as rédeas para tranquilizar sua equipe, e depois informe-os como proceder caso aconteça novamente.

O que você achou do post?

5 Respostas

Deixe seu comentário